HUB inicia serviço especial para atender povos indígenas

Fonte Assessoria de Comunicação do HUB 29/04/2013 às 20h

HUB inicia serviço especial para atender povos indígenas

Iniciativa pioneira conta com o apoio de estudantes para auxiliar atendimentos

O Hospital Universitário de Brasília (HUB) oferece desde a semana passada o Serviço de Atenção Integral à Saúde dos Povos Indígenas. Coordenadora do serviço, a professora do Departamento de Saúde Coletiva Maria da Graça Hoefel diz não ter conhecimento de nenhum outro tipo de atendimento semelhante no Brasil. Estudantes indígenas auxiliarão na assistência oferecida pelo novo serviço.


A ideia do serviço partiu de uma demanda dos próprios estudantes indígenas da Universidade de Brasília. A proposta desse atendimento, segundo Graça Hoefel, surgiu de uma reivindicação de alunos que enxergaram a necessidade de se discutir novas práticas e formas de atendimento aos índios.


Dados do Censo de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dão conta de que 5.941 índios vivem no Distrito Federal. De acordo com Graça Hoefel, não é possível dizer quais atendimentos são os mais procurados pelos índios, por esta ser uma informação relativa. “O que se pode afirmar é que todas as áreas do HUB estão de portas abertas a recebê-los”, disse.


Segundo a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, a maioria dos povos atendidos no Distrito Federal vem dos parques do Xingu e do Xavante, no estado do Mato Grosso. Para Antônio Alves, representante da Sesai, o HUB está sendo pioneiro. “O Hospital Universitário de Brasília está dando o primeiro passo para a implementação de uma unidade de referência para todos os hospitais universitários do Brasil”, disse.


Inicialmente, 18 estudantes de diversos cursos da UnB trabalharão no projeto. Eles acompanharão os pacientes durante todo o tratamento. A avaliação dos responsáveis pelo serviço é de que essa é uma maneira de o aluno se formar no atendimento integral, na perspectiva de que saúde é um direito do povo e um dever do Estado.

“Cada índio internado no nosso hospital terá um tutor, que não é um tutor qualquer, é um aluno indígena da UnB, que terá a oportunidade de nos ensinar como devemos atender melhor o nosso paciente indígena e tornar nosso hospital mais humano e adequado a este atendimento”, disse Hervaldo Sampaio Carvalho, superintendente do HUB.


Edneide Atikum é aluna do 6º semestre de nutrição da UnB e uma das representantes do grupo de estudantes envolvidos no projeto. Para ela, esta é uma das conquistas mais importantes que o povo indígena já teve. “O projeto tem um impacto expressivo na saúde dos índios, uma necessidade muito grande das nossas comunidades”, diz. “Um índio que vem de sua aldeia e recebe o acompanhamento de outro que vive na cidade entende melhor o processo que viverá no hospital”, afirmou o Pajé Álvaro Tukano, uma das lideranças indígenas presentes na cerimônia.


A relevância do atendimento específico a pacientes indígenas foi o que chamou a atenção do secretário-geral da Secretaria Nacional de Relações Político-Sociais da Presidência da República, Geraldo Magela da Trindade. “Estamos trabalhando para alcançar os objetivos do milênio até 2015. Alguns deles são voltados para a assistência em saúde, onde alguns setores sociais ainda são desfavoráveis, inclusive os indígenas. A ideia de levar em conta o linguajar, a cultura e a experiência de vida no assistência à saúde é sensacional”, afirmou Trindade.


Também participaram do evento a diretora adjunta de Serviços Assistenciais do HUB, Sâmara Farias Costa Godeiro Carlos, a presidente da Fundação Nacional do Índio, Marta Azevedo, a diretora da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília, Lílian Marly de Paula, a chefe do Departamento de Saúde Coletiva da UnB, Ximena Pamela Diaz Bermudez, Aline Saldanha Nunes, enfermeira da Casa de Saúde Indígena (Casai-DF), e Umberto Euzébio, coordenador dos estudantes indígenas da UnB.

Foto: Erick Arruda/ACSHUB

Assessoria de Comunicação do HUB
Fonte Assessoria de Comunicação do HUB 29/04/2013 ás 20h

Compartilhe

HUB inicia serviço especial para atender povos indígenas