Hospitalidade do cearense tem 99,2% de aprovação

Fonte Ministério do Turismo 17/08/2014 às 13h
De acordo com levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), por encomenda do Ministério do Turismo, Fortaleza se destacou positivamente pela hospitalidade e pelos preços cobrados nos táxis na avaliação do turista estrangeiro. Nos dois itens, a capital cearense aparece na segunda colocação entre todas as cidades-sede. O serviço de táxi foi bem avaliado por 89,9% dos usuários e a hospitalidade, por 99,2% dos visitantes de fora do Brasil.

Outros quesitos em que Fortaleza aparece em destaque no cenário nacional são os serviços de câmbio (73,5%) e o preço do transporte público (88,2%). Nesses dois itens, a capital cearense ficou 5,7 e 2,1 pontos percentuais respectivamente acima da média nacional. “A pesquisa nos permite visualizar quais são as vantagens comparativas das cidades-sede levando-se em consideração o público de grandes eventos”, comentou o ministro do Turismo, Vinicius Lages. Para 83%, o aeroporto de Fortaleza foi considerado bom, 3,2 pontos percentuais acima da média nacional.

Entre aqueles que foram ao Ceará, 91,8% deles afirmaram que pretendem voltar ao Brasil. Para 78,3% deles a experiência turística atendeu plenamente ou superou a expectativa inicial. A maioria dos visitantes era homem (87%), tinha renda familiar de US$ 7.164 e estava no Brasil pela primeira vez (64,5%).

Fortaleza dos brasileiros

Outra pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) com 6,5 mil brasileiros revelou que 63,1% do público interno que passou por Fortaleza tem renda familiar superior a R$ 7,2 mil. Para 93,2% deles, o atendimento e receptividade da capital cearense foram considerados bons ou muito bons. As opções de lazer tiveram avaliação positiva de 95% dos brasileiros.

Os paulistas (34,7%) foram os que mais visitaram Fortaleza, seguidos dos cariocas (7,7%) e dos paraenses (6,6%). A maioria (64,5%) dos turistas domésticos já conhecia Fortaleza e praticamente sete entre cada dez (69,2%) deles ficaram em hotel, pousada ou flat.

A grande maioria (91,7%) nunca havia participado de uma Copa do Mundo e 96,9% afirmaram que já haviam assistido ou ainda assistiriam jogos nos estádios. Mais da metade (51,7%) dos turistas domésticos aproveitou a Copa para realizar atividades turísticas em Fortaleza.
Ministério do Turismo
Fonte Ministério do Turismo 17/08/2014 ás 13h

Compartilhe

Hospitalidade do cearense tem 99,2% de aprovação