Hospital de campanha contra dengue começa a atender no Distrito Federal

Fonte Agência Brasil 02/05/2013 às 20h

Brasília – O hospital de campanha montado ao lado do Hospital Regional de Brazlândia, região administrativa do Distrito Federal, começou a funcionar hoje (2) para atender pacientes com dengue da região e desafogar a unidade regional. De acordo com Paulo Lisbão, coordenador-geral de Saúde da região, até as 18h, 94 pacientes tinham sido atendidos, 52 deles com confirmação de diagnóstico de dengue.

O paciente com sintomas de dengue é encaminhado para o hospital de campanha, onde são feitos exames clínicos e um teste rápido, com resultado em dez minutos. Se necessário, o paciente é encaminhado para fazer um hemograma, para uma avaliação mais completa. Na estrutura montada, os pacientes recebem hidratação e são medicados. Se precisarem de internação, são levados ao pronto socorro do hospital regional.

A equipe no hospital de campanha é formada por três médicos, duas enfermeiras e seis auxiliares de enfermagem. No pronto socorro, são atendidos cerca de 300 pacientes diariamente por causa da dengue. Com a abertura do hospital de campanha, a unidade deve passar a receber metade desse número. "O hospital vai voltar a atender sua demanda habitual", disse Paulo Lisbão. Porém, só podem ser atendidos na nova estrutura, pacientes com mais de 13 anos de idade. Crianças, mesmo com suspeita da doença, devem continuar procurando a área de pediatria.

Segundo o governo do Distrito Federal, cerca de 90% dos pacientes atendidos no hospital regional nas últimas semanas vivem em municípios vizinhos, principalmente de Águas Lindas de Goiás (GO). A maioria dos casos é por suspeita ou confirmação de dengue. De acordo com Lisbão, são feitos cerca de 90 testes de dengue por dia.

Rita Maria, diarista que mora em Águas Lindas, começou a sentir os sintomas da doença ainda na sexta-feira (26) e procurou hoje atendimento em Brazlândia. “Muita gente da minha cidade está com dengue. Lá, tem terrenos baldios cheios de entulho. É por isso que tem muito mosquito da dengue”, contou.

O pedreiro Josimar dos Santos, também de Águas Lindas de Goiás, começou a sentir dores de cabeça e no corpo hoje pela manhã. Ele foi ao hospital, fez os exames, e enquanto aguardava o resultado do hemograma, recebeu hidratação e remédios. “Já estou bem melhor”, disse aliviado.

A estrutura do hospital de campanha foi cedida pelo Ministério da Saúde, após pedido do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz. A unidade, que pertence à Força Nacional de Saúde, é própria para atender catástrofes, emergências e situações de risco. O hospital de campanha vai funcionar das 7h às 22h.

De acordo com a secretaria, a ideia inicial é que o hospital funcione por um período de 15 dias mas, se houver necessidade, a estrutura poderá permanecer no local por até três meses. A expectativa é que a estratégia ajude a reduzir de 500 mil para 150 mil o número de pacientes atendidos no Hospital Regional de Brazlândia em razão da dengue.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 02/05/2013 ás 20h

Compartilhe

Hospital de campanha contra dengue começa a atender no Distrito Federal