Hóquei sobre a grama desenvolve modalidade visando Rio 2016

Fonte Ascom - Ministério do Esporte 30/04/2013 às 20h

 

O hóquei sobre a grama, uma das 28 modalidades esportivas que compõem o programa olímpico, segue seu calendário de preparações que culminará no Rio 2016. Neste fim de semana, foi realizada a primeira rodada do Campeonato Brasileiro de Hóquei sobre Grama, que reuniu as equipes do Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina no Complexo Esportivo de Deodoro. Os atletas dos times Carioca Hóquei Clube, Macau e Florianópolis mostraram superioridade no grupo masculino nesta primeira fase. No feminino, Desterro e Carioca saíram na frente.

A competição integra o programa da modalidade, que terá a atuação das seleções brasileiras pela primeira vez na história em Jogos Olímpicos, em 2016. As seleções na modalidade, tanto feminina quanto masculina, irão estrear em casa na próxima edição do maior evento esportivo do mundo, já que o Brasil tem vagas garantidas por ser sede do evento. Entre os atletas está o líbero Murilo Souza, de 21 anos, do Carioca Hockey Club. O jogador está em fase de preparação para buscar uma vaga na equipe olímpica.

“O treinamento é intenso. Como eu conto com o apoio do Bolsa-Atleta, hoje posso me dedicar apenas a estudar e treinar, e isso é muito importante. As atividades acontecem quatro vezes por semana no Centro Nacional de Hóquei sobre Grama, no Parque Olímpico de Deodoro. Além disso, as competições das quais participo são fundamentais para ter experiência de campo e volume de jogo”, disse o atleta, que já representou o Brasil no Pan Challenge em 2011, no Pré-Olímpico de 2012, no Pan-Americano Sub-21, também em 2012, e este ano participou da conquista do bronze no Sul-Americano e integrou ainda a seleção brasileira na Liga Mundial. Há quatro anos se dedicando à modalidade, Murilo observa um crescimento da procura pelo hóquei sobre a grama com a proximidade dos Jogos. “No clube onde atuo, já contamos com novos atletas. Todo mês eu mesmo recebo pelo menos uns cinco e-mails de pessoas querendo conhecer a modalidade e saber como participar. Quem vem para o hóquei sobre a grama, fica”, destaca.

Além de aumentar a procura daqueles que querem vestir a camisa como atleta, a proposta da Confederação Brasileira de Hóquei sobre Grama e Indoor (CBHG) é atrair e construir o staff que conduz as competições. Quem se destaca nessa área é o árbitro Oliver Höck, que foi incluído há um mês na lista da Federação Internacional de Hóquei (FIH). É a primeira vez que um brasileiro entra nesse seleto grupo, definido anualmente. “Fiz cursos específicos no Rio de Janeiro, com o apoio da Confederação, e ainda tive aulas à distância com árbitras argentinas, consideradas as melhores da modalidade”, conta. “Meu objetivo é estar entre os melhores do mundo”, finaliza o árbitro.

O Campeonato Brasileiro de Hóquei sobre Grama foi o 259° evento realizado no complexo esportivo de Deodoro desde que a instalação foi inaugurada pelo Ministério do Esporte, em 2007. Em março, o local recebeu ainda a Liga Mundial, uma das competições mais importantes da modalidade, que reuniu equipes de oito países.

Tacada promissora
Depois dos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, o hóquei sobre a grama traçou um processo de amadurecimento que trouxe, neste ano, na primeira medalha do brasileira na modalidade. O bronze conquistado em fevereiro pela seleção masculina no Sul-americano do Chile reflete a preparação que vem sendo feita para os Jogos Olímpicos de 2016. Segundo o presidente da CBHG Sydnei Rocha, a inauguração do Complexo Esportivo de Deodoro – onde são realizados os treinos das seleções – propiciou a integração de atletas voltada à formação continuada de talentos. “No trabalho de alto rendimento com as seleções masculina e feminina para 2016, o Centro de Hóquei de Deodoro vem sendo fundamental como ponto de integração dos atletas brasileiros, sediando amistosos e competições de alta performance”, explica.

 

Ascom - Ministério do Esporte
Fonte Ascom - Ministério do Esporte 30/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Hóquei sobre a grama desenvolve modalidade visando Rio 2016