Honduras se prepara para eleições gerais em 24 de novembro

Fonte Agência Brasil* 24/05/2013 às 15h

Brasília - Em seis meses, os eleitores de Honduras irão às urnas. As eleições gerais no país estão marcadas para 24 de novembro. Os eleitores escolherão o futuro presidente da República, três vice-presidentes, 298 prefeitos, 128 deputados federais e 20 integrantes do Parlamento Centro-Americano. O cronograma do pleito foi anunciado ontem (23) pelo Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de Honduras. Até junho, todos os inscritos devem confirmar as candidaturas e, de agosto a novembro, ocorrem as propagandas partidárias.

O presidente do TSE, David Matamoros, disse que aproximadamente 5,3 milhões de eleitores devem ir às urnas. Segundo ele, nove partidos políticos deverão apresentar candidatos à sucessão do presidente hondurenho, Porfirio Pepe Lobo, inclusive quatro coligações que surgiram depois do chamado golpe de Estado de 28 de junho de 2009 – quando o então presidente Manuel Zelaya foi deposto do poder.

David Matamoros apelou aos líderes políticos para que façam uma campanha política de “alto nível com propostas e inovações”, além de transparência. O mandato para presidente da República em Honduras começa em 24 de janeiro de 2014 e dura quatro anos.

Os principais candidatos que se lançaram à corrida presidencial são: Xiomara Castro de Zelaya (Liberdade e Refundação), mulher do presidente deposto, e Juan Orlando Hernández (Partido Nacional) – presidente do Congresso hondurenho. Há ainda mais sete candidatos.

*Com informações da emissora multiestatal de televisão, Telesur.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 24/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Honduras se prepara para eleições gerais em 24 de novembro