Greve de funcionários da Iberia resulta em cancelamento de voos em São Paulo

Fonte Agência Brasil 04/03/2013 às 20h

Brasília - Funcionários da Iberia Linhas Aéreas de Espanha começaram hoje (4) uma greve de cinco dias contra o plano de ajustes da empresa que resultará em mais de 3 mil demissões. Dos 13 voos que operam semanalmente para o Brasil, os de número 6.821 e 6.820, entre Madri e São Paulo, foram cancelados.

De acordo com a Iberia, 431 voos da empresa foram cancelados, o que corresponde a 39% do total de voos previstos pela empresa. Dos 40 mil passageiros afetados, 38 mil foram reacomodados e 2 mil pediram reembolso das passagens.

Em novembro, a empresa anunciou um plano de ajuste que previa 3.807 demissões, medida que causou insatisfação dos funcionários. Novas reuniões foram feitas com os trabalhadores e, em janeiro, uma última proposta foi apresentada, reduzindo o número de demissões para 3.100 – mas incluindo, entre os demitidos, funcionários com idade superior a 58 anos, que teriam a aposentadoria antecipada. Novamente a proposta não foi aceita.

A empresa então voltou atrás e planeja demitir 3,8 mil trabalhadores. Os sindicatos não aceitaram e decidiram pela greve iniciada hoje.

O escritório da Iberia no Brasil pede que os clientes com passagens aérea compradas entrem em contato com o call center da empresa para reacomodação. O telefone é (11) 3218 7130 ou 0800 886 82 66. Informações sobre voos cancelados podem ser obtidas no site www.iberia.com/br.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 04/03/2013 ás 20h

Compartilhe

Greve de funcionários da Iberia resulta em cancelamento de voos em São Paulo