Governo quer que empresas ofereçam telefonia móvel a distritos distantes de municípios

Fonte Agência Brasil 22/05/2013 às 19h

Brasília - O governo já começou a conversar com empresas de telecomunicações para encontrar formas de atender a cerca de 10 mil distritos de municípios que não têm cobertura de telefonia móvel no país. Atualmente, as empresas não têm obrigação de atender aos distritos que ficam a mais de 30 quilômetros das sedes. Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o governo pode oferecer linhas de crédito ou desonerações para que as empresas possam realizar a cobertura nas áreas que ficam afastadas das sedes dos municípios.

“Queremos achar uma solução para isso, não dá para ficar indefinidamente sem esse serviço. Às vezes chega o sinal do município-sede, a pessoa tem que subir na árvore para pegar o sinal”, disse Bernardo depois de reunião com os presidentes das principais empresas de telefonia móvel do país, durante o 57º Painel Telebrasil, promovido pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

A oferta da telefonia móvel para os distritos está sendo negociada junto com a antecipação do prazo de conclusão das metas para a oferta de internet na área rural na faixa de 450 mega-hertz. Essa obrigação foi imposta às empresas que venceram o leilão de tecnologia 4G realizado no ano passado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

“Sabemos que é um trabalho muito difícil por causa das condições geográficas, e que a área rural é menos rentável, mas também falei para eles que o governo está olhando isso como uma coisa muito importante. Achamos que tem tanta importância quanto fazer nas grandes regiões metropolitanas”, disse o ministro. As empresas devem começar a oferecer internet na área rural a partir do ano que vem.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 22/05/2013 ás 19h

Compartilhe

Governo quer que empresas ofereçam telefonia móvel a distritos distantes de municípios