Governo federal aumenta subsídio ao seguro rural da safra de inverno

Fonte Agência Brasil 08/03/2013 às 13h

 

Brasília – O governo federal vai oferecer R$ 90 milhões para subvenção ao seguro rural da safra de inverno. O anúncio foi feito hoje (8) pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, durante a Expodireto Cotrijal, que ocorre em Não-Me-Toque (RS).

O subsídio é uma ferramenta disponibilizada pelo governo federal que reduz a parcela paga pelo segurado para adquirir o seguro agrícola. Com o aumento, o governo aumenta em 50% o crédito para subvencionar o prêmio do seguro rural para essas culturas.

Para feijão, milho segunda safra e trigo, o percentual de subvenção chega a 70%, enquanto para aveia, canola, cevada, centeio, sorgo e triticale é 60% – para amendoim e girassol, 40%.

O benefício, cujo limite é R$ 96 mil por produtor, faz parte da Política Agrícola Brasileira para Triticultura e demais Culturas de Inverno. O programa prevê ainda preços mínimos para o trigo. Com isso, o valor mínimo subiu 6% em relação ao cobrado na temporada anterior. Em relação ao crédito, o limite do produtor subiu de R$ 650 mil para R$ 800 mil.

Para garantir a comercialização, o governo disponibilizou R$ 430 milhões como garantia de preços mínimos por meio das modalidades de Aquisição do Governo Federal (AGF) e pelos leilões de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) e de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro).

Por meio de nota, o titular da pasta disse que as ações para essas culturas foram antecipadas para que os produtores se programem para o plantio. “Houve elevação dos preços mínimos para as diferentes classes e tipos de trigo. Tivemos aumento do preço do triticale em 5,96% e manutenção dos preços mínimos fixados para a safra 2012 para aveia, canola, cevada, girassol e sementes”, comentou o ministro.

 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 08/03/2013 ás 13h

Compartilhe

Governo federal aumenta subsídio ao seguro rural da safra de inverno