Governo brasileiro condena atentado a Missão de Paz da ONU no Sudão do Sul, diz Itamaraty

Fonte Agência Brasil 11/04/2013 às 8h

 

Brasília - O Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou ontem (10) nota afirmando que o governo brasileiro tomou conhecimento, "com consternação", do ataque feito ontem a um comboio de patrulha da Missão de Paz das Nações Unidas no Sudão do Sul na cidade de Gumuruk, no estado de Jonglei. O atentado matou cinco militares indianos e sete civis.

"O governo brasileiro se associa às palavras do secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, bem como à declaração emitida pelo Conselho de Segurança, na condenação ao ataque e na manifestação de condolências aos familiares das vítimas, ao governo indiano e aos integrantes das Forças de Paz da ONU", diz a nota.

De acordo com as Nações Unidas (ONU), o ataque foi “uma emboscada por assaltantes não identificados” perto do assentamento de Gumuruk, em Jonglei, área patrulhada como parte de um esforço para fornecer proteção aos civis, bem como fornecer escoltas armadas para comboios de ajuda humanitária.

Gumuruk está localizado no condado de Pibor, onde rebeldes lutam contra o governo desde 2010, quando o líder rebelde David Yauyau fracassou em sua tentativa de representar o eleitorado da cidade no Parlamento de Jonglei.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 11/04/2013 ás 8h

Compartilhe

Governo brasileiro condena atentado a Missão de Paz da ONU no Sudão do Sul, diz Itamaraty