Gleisi Hoffmann diz que governo trabalha para diminuir gastos de custeio e aumentar investimentos

Fonte Agência Brasil 23/05/2012 às 14h
A ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Gleisi Hoffmann, disse hoje (23) que o governo está trabalhando para reduzir gastos de custeio em todos os setores, a fim de facilitar novos investimentos. Ela disse que o Ministério de Minas e Energia tem em sua agenda a renovação de 18% dos contratos de concessão na área da geração de energia elétrica, que vencem em 2015.

A ministra abordou o assunto depois de ouvir a leitura do relatório do ministro José Múcio, no Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as contas do governo da presidenta Dilma Rousseff referentes a 2011, que foram aprovadas por unanimidade nesta quarta-feira (23), com ressalvas. Ela disse que, apesar da crise externa e das dificuldades econômicas que o governo tem que enfrentar, o Brasil conta “com nível de investimentos adequado”.

O relator alertou para a questão do vencimento dos contratos no setor elétrico e para atrasos nas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) relacionadas à Copa do Mundo. Para José Múcio, é necessário fazer mais investimentos em âmbito regional para garantir o desenvolvimento sustentável do país. Ele destacou que o governo perdeu no ano passado R$ 187 bilhões com renúncia fiscal, contra R$ 144 bilhões no ano anterior, e alertou para a necessidade de o governo examinar se o benefício está surtindo os resultados esperados.

“O tribunal faz sua parte ao fazer recomendações e cabe ao governo avaliar com mais critérios os apontamentos", disse Gleisi Hoffmann. "O governo recebe a análise [do relatório] com a responsabilidade de gestor, que precisa cuidar de um país com a dimensão do Brasil, com a sua diversidade", completou a ministra.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 23/05/2012 ás 14h

Compartilhe

Gleisi Hoffmann diz que governo trabalha para diminuir gastos de custeio e aumentar investimentos