Giulio Terze descarta possibilidade de intervenção militar na Síria

Fonte Ansa flash 30/05/2012 às 21h
O ministro italiano das Relações Exteriores, Giulio Terzi, descartou hoje a hipótese de uma intervenção na Síria e disse que o caso da Líbia não pode ser repetido.

"Se for necessário virar uma nova página em relação ao plano do [secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Kofi] Annan sobre a Síria, no qual devemos continuar acreditando, poderá ser uma ação da ONU com base no capítulo 7", que aborda uma intervenção humanitária.

Uma hipótese, segundo Terzi, que não é realista no momento por causa das posições da China e da Rússia, já que existe "por parte dos dois países" um pragmatismo substancial. "Moscou e Pequim devem levar em conta que a sensibilidade internacional "não pode ser negligenciada nem colocada à sombra".

Em qualquer caso, destacou o chanceler, não há "nenhum planejamento" de intervenção da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), responsável pela ofensiva militar na Líbia.
Ansa flash
Fonte Ansa flash 30/05/2012 ás 21h

Compartilhe

Giulio Terze descarta possibilidade de intervenção militar na Síria