G20 deve destinar US$ 160 bi para evitar efeito estufa, diz WWF

Fonte Ansa Flash. 19/11/2009 às 0h
A organização não-governamental WWF afirmou que a Conferência sobre Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) só terá sucesso caso os países do G20 destinem US$ 160 bilhões para financiar a redução das emissões de gás carbônico (CO2).

O evento está programado para ocorrer no próximo mês em Copenhague, na Dinamarca.

A WWF também realizou manifestações hoje em Saint Andrews para pressionar os ministros da Economia e Finanças do G20 que estão reunidos na cidade escocesa a adotarem ações concretas contra o desemprego.

A entidade quer que o grupo, formado pelos países ricos e pelos emergentes, ainda crie um fundo de US$ 10 bilhões para ajudar os países mais vulneráveis às mudanças climáticas.

"Se querem limitar o aumento da temperatura em dois graus, os países ricos devem ajudar os países em desenvolvimento a criar economias de baixa emissão e a enfrentar os impactos da mudança climática, que são inevitáveis", disse o diretor da WWF Escócia, Richard Dixon.

O G20 tem como membros a União Europeia, Estados Unidos, Canadá, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Rússia, Itália, Coreia do Sul, Índia, Argentina, Austrália, Indonésia, Rússia, Turquia, África do Sul, China, Arábia Saudita, México e Brasil.

Ontem, a ONU cobrou do Brasil uma meta clara de redução de gases poluentes e pediu que o plano seja apresentado antes da Conferência de Copenhague.

O governo brasileiro, por sua parte, ainda não chegou a um consenso sobre a meta, mas já definiu que pretende reduzir o desmatamento da Amazônia em 80% até 2020.
Ansa Flash.
Fonte Ansa Flash. 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

G20 deve destinar US$ 160 bi para evitar efeito estufa, diz WWF