Funcionários da Funasa a bordo de avião desaparecido vacinariam índios de 40 aldeias

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
Após confirmar a presença de funcionários a bordo do avião que desapareceu ontem (29) entre o Acre e o Amazonas, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) informou que os passageiros foram designados pelo órgão para realizar um trabalho de imunização em índio de 40 aldeias da região. Ao todo, 3,7 mil indígenas do Vale do Javari receberiam as vacinas.

De acordo com a Funasa, a Operação Gota é resultado de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o da Defesa, por intermédio do Comando da Aeronáutica. O objetivo é oferecer a populações de áreas rurais e indígenas de difícil acesso vacinas do calendário básico.

Sete aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) realizam, neste momento, buscas pelo avião que desapareceu depois de ter partido de Cruzeiro do Sul, no Acre, com destino a Tabatinga, no sudoeste do Amazonas. O avião é um C-98 Caravan. A confirmação do desaparecimento foi feita pelo Comando da Aeronáutica.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Funcionários da Funasa a bordo de avião desaparecido vacinariam índios de 40 aldeias