Formação multidisciplinar e aulas em campo diferenciam FUP

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 16/05/2013 às 19h

Formação multidisciplinar e aulas em campo diferenciam FUP

UnB Planaltina comemora sete anos de existência com projeto bem-sucedido de integração entre diversas áreas do conhecimento.

Há exatos sete anos, comemorados nesta quinta-feira (16), nascia o campus da UnB em Planaltina com um projeto ambicioso: promover uma formação multidisciplinar, integrando as diversas áreas do conhecimento. Hoje, a unidade colhe os frutos desse trabalho. Os cursos oferecidos no campus são ligados à área de Meio Ambiente, Agricultura e Ciências da Natureza. Mas nem por isso os professores trabalham somente com esses temas. “Aqui eu tenho contador, administrador, químico, físico, biólogo, matemático, pedagogo, sociólogo. E nos organizamos não por departamento, mas em cinco grandes áreas do conhecimento”, conta o diretor da Faculdade UnB Planaltina (FUP), Luiz Antônio Pasquetti.

São profissionais de 20 áreas diferentes: Administração, Agronomia, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Ecologia, Economia, Educação, Engenharia Florestal, Física, Geologia, Matemática, Psicologia, Química, Ciência dos Alimentos, Filosofia, Geografia, História, Nutrição, Engenharia Florestal e Arquitetura. Cerca de 12% só das Ciências Sociais, seguido de Ciências Biológicas, com aproximadamente 10% dos professores.

A relação de interdisciplinaridade dos professores contribui para uma formação multidisciplinar dos alunos. “O papel da universidade é antecipar as mudanças que ocorrem no mundo e na sociedade, de maneira geral. Aqui, um aluno formado cientista natural não é um professor de Química, Física ou Biologia, de maneira dicotômica. Sai com uma visão de ciência integrada”, explica o professor Pasquetti.

Mariana Costa/UnB Agência
Biblioteca multimídia do campus de Planaltina

 

PESQUISAS - A interdisciplinaridade também se reflete nas pesquisas desenvolvidas pelos docentes da FUP. Nos sete anos da instituição, foram realizados projetos de pesquisa sobre 150 temas diferentes, do estudo sobre desenvolvimento de nanopartículas até manejo sustentável, realização de megaeventos e políticas de saúde no Centro-Oeste.

Com uma produção científica ampla, os pesquisadores do campus Planaltina também vêm conquistando notoriedade. Uma professora da FUP, em parceria com outros dez especialistas, publicou recentemente um artigo na revista científica Science, uma das mais prestigiadas publicações do ramo. Confira matéria sobre o assunto. “Para nós é um orgulho muito grande elas terem conseguido que esse trabalho fosse reconhecido pela Science. Isso demonstra a qualidade dos nossos professores”, disse o professor Pasqueti na ocasião.

A Faculdade UnB Planaltina mantém ainda 16 projetos de extensão nas áreas de Educação, Meio Ambiente, Direitos Humanos e Justiça, Trabalho e Saúde. “Parte do nosso trabalho é feito em campo por conta dos cursos”, conta Pasquetti. Um dos projetos que acontecem fora dos muros da universidade envolve a coleta de materiais e medições nos rios da região. “Muita coisa acontece fora do campus”, diz o diretor da FUP.

Mariana Costa/UnB Agência
 

 

FORMAÇÃO PARA A VIDA - Pedro Henrique Gomes Xavier, graduado na primeira turma de Educação no Campo da Faculdade UnB Planaltina, conta que o curso proporcionou uma formação diferenciada. “A gente sabe que em outras licenciaturas não se é capacitado para dar aula. [Na FUP] tínhamos que desenvolver projetos nas escolas, observar os conflitos e pensar em como lidar com eles”, conta . Para ele, a interdisciplinaridade e a multidisciplinariedade ajudam a trabalhar a autonomia do estudante. “Você começa a entender que o aprendizado não é linear”, diz.

Atualmente, Pedro Henrique é diretor de uma escola pública da cidade de Formosa (GO). “O que aprendemos, há quatro anos, é o que estão começando a discutir hoje na Secretaria de Educação de Goiás”, conta. Para ele, o curso mostrou que é preciso compreender as diferentes formas de aprendizado e valorizar o sujeito, seja ele do meio rural ou urbano. "A faculdade acrescentou muito. Você aprende a trazer o que eles [alunos] sabem para socializar na escola”, completa.

COMEMORAÇÃO - Com tantas conquistas, os sete anos da Faculdade UnB Planaltina não passaram em branco. “Nós queremos, neste dia 16, mostrar que estamos construindo uma universidade por inteiro. As comemorações envolverão estudantes, servidores, professores e convidados. Durante todo o dia, teremos atividades acadêmicas e culturais”, disse o diretor da FUP na véspera da data festiva. A programação de aniversário incluiu mostra de cursos para alunos do ensino médio, debates, exposição de fotografias e apresentações de música e poesia. Confira o que estava programado.

 

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 16/05/2013 ás 19h

Compartilhe

Formação multidisciplinar e aulas em campo diferenciam FUP