Forjasul Eletrik divulga aumento da procura por injetados de alumínio

Fonte Via Pública Comunicação 26/04/2013 às 9h

Metal ganha cada vez mais espaço no setor automotivo, o que estimula a empresa, tradicional fabricante do setor, a investir na capacitação de sua Divisão Tecnopeças.

As barreiras impostas pelo governo brasileiro à importação de veículos e autopeças têm provocado um aumento significativo de encomendas de peças injetadas em alumínio junto aos fornecedores nacionais. A aceitação crescente desse material no setor automotivo também contribui para o incremento de pedidos.

Atenta a essa movimentação, a Forjasul Eletrik, que atende este mercado através da sua Divisão Tecnopeças, promoveu importantes investimentos em sua fábrica nos últimos anos, ampliando a capacidade produtiva. Em 2012, finalizou a importação de quatro células de injeção de alumínio, que vieram se juntar às 11 injetoras já existentes para garantir mais agilidade à produção e competitividade no mercado.

Os equipamentos permitirão um acréscimo entre 40% e 50% na capacidade instalada, alcançando 3.500 toneladas/ano. "As novas células de injeção de alumínio permitirão o uso de matrizes com mais cavidades, o que aumentará as possibilidades de atender projetos especiais, desenvolvidos sob medida para cada cliente", afirma Roberto Aimi, diretor da Forjasul Eletrik.

Competência para atender o segmento automotivo

O alumínio tem conquistado cada vez mais espaço no setor automotivo e de transportes graças às suas características. O material contribui para a redução do peso dos veículos, o que leva a um menor consumo de combustível e à queda da emissão de gases poluentes na atmosfera. Além disso, o alumínio é resistente à corrosão e pode ser reciclado facilmente.

A Divisão Tecnopeças fornece peças injetadas de alumínio, sob encomenda, para diversos segmentos industriais, especialmente automotivo, um setor que requer níveis de classe mundial para qualidade de produto, produtividade e competitividade. Por isso, mantém uma estrutura voltada especificamente para atender requisitos da norma ISO TS 16949, que alinha as especificações dos sistemas automotivos.

Para garantir a precisão necessária a cada um dos diversos componentes de cada produto, a Forjasul Eletrik possui em sua fábrica equipamentos de última geração, como uma máquina que realiza medições tridimensionais por meio de coordenadas, e o espectômetro de medição ótica, que analisa a composição química das matérias-primas.

Outros exemplos são a máquina de tração, que permite realizar ensaios de resistência mecânica, e o Magma Flow, que funciona como um simulador de injeção. Importante destacar ainda o centro de usinagem de última geração, possibilitando a fabricação de peças complexas com maior precisão.

Forjasul Eletrik S.A., empresa de materiais elétricos da Tramontina

Tel.: (54) 3461.8200

eletrik@tramontina.net

www.tramontina.com.br

Via Pública Comunicação
Fonte Via Pública Comunicação 26/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Forjasul Eletrik divulga aumento da procura por injetados de alumínio