Fiscalização do Ibama autua empresa que operava sem licença no rio Camaquã

Fonte Ascom Ibama/RS 05/03/2013 às 9h

Porto Alegre (04/03/2013) - Em uma operação de fiscalização realizada no município de Canguçu, localizado na região Sudeste do Rio Grande do Sul, distante 274 km da Capital, uma equipe de analistas do Ibama e de soldados do Batalhão Ambiental da Brigada Militar, constatou a extração irregular de areia e cascalho no Rio Camaquã, na localidade chamada de Vau dos Prestes. A empresa responsável pela extração não possui Licença de Operação válida para a atividade e foi autuada em R$ 200 mil. A fiscalização ocorreu entre os dias 15 e 19 de fevereiro de 2013.

No local, os fiscais constataram que a retirada irregular de areia, cascalho e seixos do leito do Rio Camaquã, com uso de draga, ocorria há pelo menos seis meses, segundo declaração dos funcionários que se encontravam no local.

No dia 15/02 durante a primeira vistoria, a empresa foi notificada a apresentar as licenças dos órgãos ambientais competentes e no dia 18/02/2013 os representantes compareceram na unidade do Ibama de Pelotas, quando apresentaram apenas a Licença de Operação, referente ao depósito da extração do material. Sem a Licença de Operação exigida por Lei para a extração, a empresa foi então autuada e todo o material e equipamento usado foi apreendido e lacrado. A empresa também deve retirar a draga do rio.

 

Ascom Ibama/RS
Fonte Ascom Ibama/RS 05/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Fiscalização do Ibama autua empresa que operava sem licença no rio Camaquã