Finanças rejeita prioridade de municípios receber imposto atrasado

Fonte Agência Câmara Notícias 06/04/2013 às 20h

 

Proposta recebeu parecer terminativo de comissão e será arquivada. Hoje, precedência para receber créditos é da União.

Arquivo/ Saulo Cruz
José Guimarães
Guimarães apresentou parecer pela incompatiblidade e inadequeção orçamentária do text.

A Comissão de Finanças e Tributação rejeitou na quarta-feira (3), em parecer terminativo, proposta que concede aos municípios prioridade no recebimento dos créditos tributários atrasados. Atualmente, segundo o Código Tributário Nacional (Lei 5.172/66), o ressarcimento à União tem precedência na cobrança de dívidas tributárias por meio de execução fiscal. A medida está prevista no o Projeto de Lei Complementar (PLP) 536/09, do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG).

A proposta será arquivada, a menos que haja recurso para a análise pelo Plenário da Câmara. Relator na comissão de Finanças, o deputado José Guimarães (PT-CE) apresentou parecer pela incompatibilidade e inadequação orçamentária. Segundo ele, ao propor a inversão da ordem de preferência no concurso de credores, a proposta deixa de prever e de sugerir compensação para a “evidente perda potencial de arrecadação federal”.

Citando a Lei de Reponsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/00 - LRF), Guimarães afirma que qualquer proposição cuja aprovação acarrete diminuição de receita, no exercício em que deva iniciar a produção de seus efeitos e nos dois seguintes, só poderá ser aprovada se tal diminuição for estimada e necessariamente compensada.

Íntegra da proposta:

Agência Câmara Notícias
Fonte Agência Câmara Notícias 06/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Finanças rejeita prioridade de municípios receber imposto atrasado