Filhos de Mubarak voltam ao banco dos réus por fraudes no mercado financeiro

Fonte Agência Brasil 30/05/2012 às 12h

Brasília – No próximo dia 2, Gamal e Alaa Mubarak, filhos do ex-presidente do Egito Hosni Mubarak – que renunciou ao poder em fevereiro de 2011 – voltarão ao banco dos réus, em tribunal na capital egípcia, Cairo. Ambos são acusados de fraudes no mercado financeiro e estão envolvidos em um grupo com mais sete pessoas. Gamal e Alaa Mubarak estão presos preventivamente por denúncias de corrupção.

Além de Gamal e Alaa Mubarak, serão julgados no dia 2 o ex-ministro do Interior do Egito Habib El Adly e seis agentes de segurança que trabalhavam para o governo. El Adly e os seis agentes também podem ser condenados à pena de morte por repressão contra civis durante os protestos que levaram à renúncia de Mubarak.

Alaa e Gamal Mubarak podem ser condenados à prisão por corrupção. Mubarak, de 84 anos, também é mantido preso preventivamente, mas em um hospital militar devido a problemas cardíacos. O ex-presidente é acusado de envolvimento na morte de manifestantes durante os protestos que levaram à sua renúncia e em casos de corrupção, mas a defesa diz que ele é inocente.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 30/05/2012 ás 12h

Compartilhe

Filhos de Mubarak voltam ao banco dos réus por fraudes no mercado financeiro