Fiesp pede mudanças na política econômica

Fonte Agência Brasil 02/04/2013 às 18h

São Paulo – A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) manifestou hoje (2) preocupação com o resultado do desempenho da indústria nacional em fevereiro, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Houve a maior queda de produção dos últimos quatro anos.

“Iniciamos o ano prevendo crescimento da indústria em 2,5%, e do PIB [Produto Interno Bruto] em 3%. Com estes primeiros dados, sabemos que o desempenho industrial será menor. Se não houver mudanças na política econômica, vamos enfrentar grandes dificuldades em 2013”, disse, em nota, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

A indústria brasileira apresentou queda de 2,5% na produção de janeiro para fevereiro deste ano. Foi a maior queda desde dezembro de 2008, quando houve recuo de 12,2%. A redução ocorreu depois de dois meses de alta, uma vez que em dezembro de 2012 e em janeiro deste ano houve crescimento de 0,1% e 2,6%, respectivamente.

De acordo com a Fiesp, a expectativa para os próximos meses não é positiva. A entidade destaca que, em março, o comércio, pelo terceiro mês seguido, constatou queda na intenção de consumo das famílias.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 02/04/2013 ás 18h

Compartilhe

Fiesp pede mudanças na política econômica