Fidel Castro cumprimenta Evo Morales por aniversário de 50 anos

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O líder cubano Fidel Castro enviou uma carta ao presidente da Bolívia, Evo Morales, para cumprimentá-lo por seu aniversário de 50 anos, completados ontem. No texto, ele afirmou que a data é "alentadora para todos os povos da Nossa América".

Fidel lembrou que o ano de nascimento do mandatário boliviano, 1959, é o mesmo do triunfo da Revolução Cubana, e enfatizou a luta travada por ambos contra os Estados Unidos.

"A Revolução Cubana triunfou em 1º de janeiro de 1959. Em 26 de outubro desse mesmo ano, você nasceu. Desde então, temos resistido ao longo de meio século às agressões da mais poderosa potência imperialista da história", salientou o ex-presidente, que se afastou da vida pública há três anos devido a problemas de saúde.

Em outro trecho da carta, Fidel recordou a infância e a trajetória de Morales, que foi líder sindical de plantadores de coca antes de chegar à presidência, em 2006.

"[Morales] veio ao mundo em berço muito pobre, estudou em escolas humildes, cultivou sua ilustre inteligência, lutou sem cessar e hoje dirige um país que foi parte da admirável cultura aymara-quechua de seus antepassados", complementou o cubano.

Há duas semanas, após o presidente norte-americano, Barack Obama, ter recebido o Nobel da Paz, Fidel escreveu um artigo no qual sugeriu a entrega do prêmio a Morales.

"Se o Prêmio foi concedido a Obama por ele ter vencido eleições em uma sociedade racista, apesar de ser afro-americano, Evo o merece por ganhá-las em seu país, apesar de ser indígena, e além disso por cumprir suas promessas", diz o texto.

Evo Morales tentará, em votação marcada para o dia 6 de dezembro, sua primeira reeleição. Pesquisas o consideram favorito a vencer Manfred Reyes Villa, do Plano Progresso para Bolívia (PPB), seu principal adversário nas urnas. 
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Fidel Castro cumprimenta Evo Morales por aniversário de 50 anos