Fiat amplia a liderança e mercado da sinais de robustez

Fonte Evaldo Costa 17/05/2013 às 20h

 

A indústria automobilística continua fazendo muito bem o papel de locomotiva da economia brasileira. Enquanto vários setores da indústria apresentam queda, a automobilística cresce a taxas de deixar até chinês com “água na boca”.

As vendas de Abril cresceram 29,4% sobre mesmo mês ano anterior, e 17,5% sobre o mês de março. No acumulado dos últimos doze meses (Maio/12 a Abril/13), o crescimento foi de 8,2% sobre igualperíodo anterior.

Com vendas de 69.561 unidades de automóveis e comerciais leves, a Fiat ampliou a liderança em relação a Volkswagen que licenciou 59.017 unidades e se mantém firme na vice-liderança. As três maiores montadoras no Brasil (Fiat, VW e GM) juntas detém 57,9% de penetração de mercado e nãosofrem ameaças, pois a quarta colocada a Ford, vende menos da metade da terceira do ranking (GM).

Entre os cinco primeiros colocados no ranking dos maiores fabricantes em unidades vendidas no Brasil, não sofreram mudanças. O mesmo não podemos dizer do bloco intermediário, onde a disputa tem sido acirradíssima. A Toyota vendeu 16.627 unidades de automóveis e comerciais leves. A Hyundai 13.085 unidades e a Honda 13.174. As duas primeiras vem crescendo enormemente nos últimos doze meses.

Renault é a campeão de crescimento

A francesa Renault registrou, em Abri, uma dos melhores resultados de vendas no país. Comcrescimento de 50,19% em relação a Março (quando havia crescido 27,10% sobre o mês anterior), a Renault que é a quinta colocada, deu uma arrancada nos dois últimos meses, e voltou a se aproximarda Ford. No mês a montadora francesa licenciou 21.306 unidades de automóveis e comerciais leves e a Ford 27.051 unidades.

Em Abril de 2013, as marcas que cresceram acima da média de mercado (15,5%), nas vendas de automóveis e comerciais leves, foram: Renault (+ 50,19%), Peugeot (+ 43,27%), Toyota (+ 29,39), Hyundai CAOA (20,18%) e Fiat (+ 18,41%). Já o pior desempenho do mês, entre as treze maiores marcas do mercado nacional, foi da Citröen com crescimento de 4,37%.

Em Abril de 2013, a indústria automobilística brasileira licenciou 337.6 mil unidades de autoveículos, dos quais 316,9 mil unidades foram de automóveis e comerciais leves. De Maio de 2012 a Abril de 2013, foram licenciadas 3,89 milhões de unidades de autoveículos. O bom desempenho das vendas de Abril, pode ser atribuído ao aumento das vendas diretas, crédito flexível, taxas de juros atrativas, promoção das montadoras e especialmente a manutenção do desconto do Imposto Sobre Produtos Industrializados – IPI.

Ótima semana,

Evaldo Costa

Escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil

Blog: verdesobrerodas.com.br

E-mail: evaldocosta@evaldocosta.com

Siga no Twitter/LinkedIn/Facebook/Orkut: evaldocosta@icbr.com.br

Evaldo Costa
Fonte Evaldo Costa 17/05/2013 ás 20h

Compartilhe

Fiat amplia a liderança e mercado da sinais de robustez