Feira mostra armas que serão usadas em grandes eventos no Brasil

Fonte Agência Brasil 11/04/2013 às 21h

Rio de Janeiro - Equipamentos apresentados na feira Latin American Aerospace e Defense (Laad) poderão ser usados pelas forças de segurança do Brasil nos grandes eventos, a começar pela Copa das Confederações e pela Jornada Mundial da Juventude, em junho e julho deste ano. A feira termina amanhã (12), depois de despertar interesse da área de segurança.

No estande da empresa brasileira Condor, estão expostos trajes antibomba e kits de armas não letais adquiridos pela Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do governo federal. São 76 trajes fabricados na Alemanha para uso em possíveis situações envolvendo explosivos. Há um bloqueador de radiofrequência, para impedir a ação de detonadores, e um robô usado para manusear explosivos.

É possível conhecer kits de armas não letais vendidos para o governo. O kit de curto alcance inclui balas de borracha, spray de pimenta, bombas de efeito moral, de luz e som e de gás lacrimogênio. Com o kit de longo alcance, é possível lançar a até 150 metros (m) de distância balas de borracha e bombas de gás.

Outro produto à disposição das forças de segurança é a lanterna militar, que pode ser acoplada a pistolas e armas maiores e tem alcance de até 300 m, com a utilidade de ofuscar a visão dos inimigos.

A empresa Nightlaser expõe também os binóculos capazes de visualizar alvos a partir de 50 m e calcular a que distância está do observador. A fábrica é a primeira eletro-ótica do Brasil, e funciona desde semana passada em Indaiatuba, no interior de São Paulo.

Balões de observação, como os usados no Rio durante o Carnaval, poderão ser utilizados nos eventos deste ano. Capazes de permanecer no ar por horas, mesmo depois de atingidos por tiros de fuzil, os balões, fabricados pela brasileira Altave, conseguem identificar pessoas andando a até 15 quilômetros de distância.

A Ares, com fábrica em Duque de Caxias, é outra fabricante de balões de observação usados pelo governo do Rio durante o Carnaval. Mais uma ferramenta de observação são os aviões não tripulados.

Um dos destaques do evento é o veículo blindado que será usado pelas polícias civil e militar do Rio. O governo comprou oito unidades do blindado Maverick, produzido pela sul-africana Paramount. O veículo tem capacidade para 12 pessoas, ar condicionado e tração nas quatro rodas.

 

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 11/04/2013 ás 21h

Compartilhe

Feira mostra armas que serão usadas em grandes eventos no Brasil