Farc dizem estar perto de acordo sobre tema agrário

Fonte Agência Brasil/EBC 24/05/2013 às 18h

Bogotá - As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram hoje (24) que estão cada vez mais "perto" de chegar a um acordo sobre o tema agrário, o primeiro item da pauta da agenda de negociações entre a guerrilha e o governo colombiano em Cuba.

Na manhã de hoje, antes de iniciar as conversações em Havana, capital cubana, as Farc disseram que há possibilidade de terminar a discussão sobre o assunto. O grupo insurgente tem uma lista de 100 propostas para o tema, baseadas em uma reforma agrária e a garantia de trabalho à população rural. A mesa de negociações está reunida desde a semana passada na nona rodada de conversações.

Além do desenvolvimento rural, as Farc e o governo têm mais quatro pontos de discussão na mesa de negociações, como a garantia para a participação política, desarmamento dos guerrilheiros após um acordo de paz, solução do problema de drogas ilícitas e direitos da vítimas. A mesa também discutirá mecanismos para verificação dos acordos que forem alcançados.

Marco León Calarcá, um dos negociadores das Farc, pediu que os candidatos presidenciais na Colômbia para as eleições de maio do ano que vem se comprometam com os diálogos de paz que estão sendo conduzidos em Cuba. "Que as questões eleitorais não interfiram no processo de paz e que a proposta de todos os candidatos presidenciais se comprometam a continuar com o processo para tratar de construir um tratado de paz", disse Calarcá.

As candidaturas para as eleições do ano que vem ainda não foram definidas, mas o presidente Juan Manuel Santos declarou que pretende se candidatar, assim como o ex-presidente Álvaro Uribe, também articula um nome para apoiar. Na Colômbia só são permitidos pela Constituição dois mandatos presidenciais consecutivos. Uribe não pode mais se candidatar à Presidência porque teve dois mandatos presidenciais, entre 2002 e 2010.

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 24/05/2013 ás 18h

Compartilhe

Farc dizem estar perto de acordo sobre tema agrário