FAPESP assina acordo com University of Cape Town

Fonte Agência FAPESP 21/08/2014 às 10h
Um acordo de cooperação para pesquisa entre a University of Cape Town (UCT) e a FAPESP foi firmado na terça-feira (19/08) em São Paulo.

O documento, assinado por Thandabantu Nhlapo, pró-reitor para internacionalização da UCT, e por Celso Lafer, presidente da FAPESP, estabelece o apoio compartilhado para o intercâmbio de pesquisadores e o desenvolvimento de projetos de pesquisa conjuntos ao longo de cinco anos, sobre temas definidos por um comitê de representantes das duas instituições.

Também estiveram presentes à cerimônia na FAPESP Lara Dunwell, gerente do escritório de intercâmbio e internacionalização da UCT e, pela FAPESP, José Arana Varela, diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo, Paula Montero, coordenadora adjunta da área de Ciências Humanas e Sociais, e Regina Costa de Oliveira, diretora da área de Ciências Biológicas e Agronômicas.

Antes da assinatura do acordo, foram discutidas oportunidades de colaboração em áreas e programas de interesse comum e o lançamento da primeira chamada de propostas.

“Reconhecemos a interdependência entre a pesquisa básica e a pesquisa aplicada em todas as áreas. Resultados de pesquisas apoiadas pela FAPESP sobre a biodiversidade e a bioenergia nos programas BIOTA [Programa FAPESP de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade] e BIOEN [Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia] têm implicações, por exemplo, na agricultura e contribuem para a formulação de políticas públicas de conservação ambiental”, disse Lafer.

Para o pró-reitor Nhlapo, o acordo FAPESP-UCT é um excelente exemplo de cooperação Sul-Sul. “Nosso objetivo estratégico é intensificar parcerias com países com os quais temos problemas similares, como é o caso do Brasil”, disse. “Acredito que temos as mesmas questões em estudos sob diferentes aspectos relacionados à organização e à sustentabilidade das grandes cidades, à segurança alimentar e à biologia marinha.”

“As chamadas do acordo também poderão incentivar a apresentação de propostas de pesquisa para a inovação”, destacou Varela. “A FAPESP apoia programas de pesquisa em cooperação com a participação de empresas, por períodos de até 10 anos, que contribuem para promover a cultura de inovação e estimulam o desenvolvimento socioeconômico”, disse o diretor-presidente.

As equipes da FAPESP e da UCT que participaram da formulação do acordo já iniciaram os trabalhos para a preparação das primeiras atividades da cooperação. Além do lançamento da primeira chamada de propostas, está prevista a realização de seminários científicos e tecnológicos, workshops especializados, simpósios e atividades que apoiem a preparação de projetos cooperativos entre equipes de pesquisadores do Estado de São Paulo e da UCT.
Agência FAPESP
Fonte Agência FAPESP 21/08/2014 ás 10h

Compartilhe

FAPESP assina acordo com University of Cape Town