Explosão em Boston amplia discussão sobre segurança de megaeventos esportivos no Brasil

Fonte Agência Brasil 16/04/2013 às 14h


Brasília – Um dia após as explosões que mataram pelo menos três pessoas e feriram mais de 100 durante a Maratona de Boston, nos Estados Unidos, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse hoje (16) que o Brasil está tomando todas as providências para garantir a segurança nos grandes eventos internacionais que o país vai receber: Copa das Confederações de 2013, Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016.

“O Brasil está tomando as providências necessárias e temos confiança de que serão providências que garantirão a segurança dos eventos”, disse Patriota, antes do início de um seminário no Palácio do Planalto.

O ministro manifestou solidariedade ao povo norte-americano e ressaltou a importância de acompanhar as apurações do episódio. “Acho muito importante acompanhar agora a apuração, para sabemos exatamente qual foi a natureza e a motivação por trás desse ato hediondo”, disse Patriota, acrescentando que o governo está em contato com o consulado brasileiro em Boston.

Cento e trinta e um atletas brasileiros estavam correndo a maratona, uma das mais importantes do mundo. Segundo o ministro, a informação atual é de que apenas uma brasileira teve ferimentos leves.

Ainda ontem, a presidenta Dilma Rousseff manifestou seu repúdio "a esse ato insano de violência e sua solidariedade, em nome de todos os brasileiros às vítimas e suas famílias". Para Patriota, o Brasil não pode deixar de se “insurgir” contra esse tipo de ação e acompanhar com interesse a apuração das responsabilidades.

O atentado está sendo investigado pelo FBI, a Polícia Federal norte-americana. Ontem, o presidente Barak Obama prometeu, em pronunciamento transmitido na televisão, encontrar e punir os responsáveis pelo ataque. Ainda não se sabe se as explosões foram promovidas por indivíduos ou grupos organizados.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 16/04/2013 ás 14h

Compartilhe

Explosão em Boston amplia discussão sobre segurança de megaeventos esportivos no Brasil