Experiência do INT ajudará Anvisa em novo laboratório

Fonte Ascom do INT 11/03/2013 às 17h

A experiência do Laboratório de Tabaco e Derivados (Latab) do Instituto Nacional de Tecnologia (INT/MCTI) será utilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a criação de um laboratório de avaliação analítica dos produtos derivados do tabaco, em parceria com a Aeronáutica.

 

O diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, confirmou que a metodologia desenvolvida pelo Latab foi transportada pela agência, dando condições para instalar o novo laboratório, que dará suporte ao controle da composição do cigarro.

“O sistema de Vigilância Sanitária avançou muito em relação ao controle do tabaco e é um alento verificar o desenvolvimento do trabalho realizado pelo INT", disse. “Esse trabalho foi mais um exemplo da interação entre as duas instituições, que vem se ampliando e tornando cada vez mais estratégica".

Visita

Na última sexta-feira (8), ao lado da gerente-geral de Produtos Derivados de Tabaco, Ana Claudia Bastos de Andrade, e de outros dois técnicos da Anvisa, Barbano conheceu as instalações do Latab e participou de uma reunião com os coordenadores de Desenvolvimento Tecnológico, Paulo Gustavo Pries, e de Negócios, Vincente Landim, a coordenadora da Rede Sibratec de Produtos para a Saúde, Ieda Caminha, e a chefe do Latab e da área de Química Analítica do INT, Simone Chiapetta.

A cooperação entre o INT e Anvisa teve início em 1987, com análises de falhas em implantes ortopédicos e cirúrgicos. Hoje a parceria envolve a avaliação da conformidade deste produto, além de preservativos masculinos, luvas cirúrgicas e de procedimentos não-cirúrgicos e implantes mamários, e a participação em redes de pesquisa, avaliação e serviços tecnológicos. A montagem e operacionalização do laboratório piloto para análise e controle dos produtos derivados do tabaco teve início em 2008 e culminou com a inauguração do Latab em agosto de 2012.

 

Ascom do INT
Fonte Ascom do INT 11/03/2013 ás 17h

Compartilhe

Experiência do INT ajudará Anvisa em novo laboratório