Expectativa do consumidor medida pelo CNI é a menor desde agosto de 2011

Fonte Agência Brasil 25/04/2013 às 13h

Brasília - O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) caiu 1,9% em abril, na comparação com março, alcançando 112,1 pontos. O índice, divulgado hoje (25) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), é o menor desde agosto de 2011. Em comparação com abril de 2012, a queda chegou a 0,8%. Nos últimos cinco meses, foi a quarta queda, informou a entidade.

 


“A piora do índice na comparação mensal decorre, principalmente, de uma reversão das expectativas acerca da inflação”, destaca a CNI. A pesquisa indica que a queda do otimismo dos brasileiros é resultado do aumento da preocupação com a evolução dos preços e da renda futura.

O índice de expectativa de inflação, por exemplo, caiu 5,1% em abril, na comparação com março, e 1,1% ante o mesmo mês do ano passado, aponta a CNI. O índice de expectativa de renda pessoal recuou 4,1% em relação a março e 0,9% na comparação com o abril do ano passado.

A avaliação sobre a situação financeira e do endividamento também piorou entre os consumidores avaliados. O índice de expectativa com a situação financeira caiu 3,1% e o de endividamento recuou 2,5% em relação ao mês passado. Na avaliação da CNI, a preocupação com a inflação e com a renda pessoal deve afetar a demanda futura, com repercussões à retomada do crescimento econômico.

Por outro lado, avalia a CNI, ficaram mais otimistas as expectativas com relação ao emprego. O índice registrou crescimento de 1,8% na comparação com março e 2,1% frente a abril de 2012.

Cresceu também o índice de compras de bens de maior valor, que teve uma elevação de 0,4% ante março, embora tenha sido 1,1% inferior ao registrado no mesmo mês de 2012. A CNI, em parceria com Ibope Inteligência, ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios entre os dias 11 e 15 de abril.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 25/04/2013 ás 13h

Compartilhe

Expectativa do consumidor medida pelo CNI é a menor desde agosto de 2011