Expansão de 1,05% mostra que economia cresce à taxa esperada, diz Mantega

Fonte Agência Brasil 16/05/2013 às 19h

Brasília – O crescimento de 1,05% previsto no Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) mostra que a atividade econômica está se expandindo à taxa esperada pelo governo, disse hoje (16) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. “O que nós temos é a prévia. Se de fato aconteceu, a economia estaria crescendo perto de 4% [ao ano]. É um crescimento capitaneado pelo investimento, seguido pela indústria. Não se poderia dizer que é puxado pelo consumo”, afirmou Mantega.

Para o ministro é necessário aguardar o dado oficial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “A previsão do mercado é crescimento de 1% a 1,5%. Vamos esperar para comemorar até o resultado do IBGE no final deste mês”, disse. Mais cedo, comentando o IBC-Br, Mantega havia dito que o dado é muito bom.

Em março, o IBC-Br apresentou expansão de 0,72% na comparação com fevereiro (indicador ajustado para o período). O crescimento veio depois da queda de 0,36% registrada em fevereiro em relação a janeiro, segundo os dados revisados. Em janeiro comparado a dezembro, houve crescimento de 1,05%. O IBC-Br é uma forma de avaliar e antecipar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice divulgado pelo Banco Central incorpora informações sobre o nível da atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 16/05/2013 ás 19h

Compartilhe

Expansão de 1,05% mostra que economia cresce à taxa esperada, diz Mantega