Expansão da indústria no primeiro trimestre surpreende, diz CNI

Fonte Agência Brasil 01/06/2012 às 17h
 Brasília – O crescimento no Produto Interno Bruto (PIB) da indústria entre janeiro e março foi uma surpresa positiva, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A entidade ressaltou que outros índices do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicavam queda do setor em 2012.

Para a CNI, o resultado surpreende porque o próprio IBGE havia divulgado, em outra pesquisa, que a produção física da indústria havia recuado 0,3% na média do primeiro trimestre. Nos números apresentados hoje, no entanto, a indústria cresceu 1,7% no período, liderada pela indústria de transformação, que registrou alta de 1,9%. “Não fosse o desempenho industrial, o PIB teria queda no primeiro trimestre”, ressaltou a entidade em nota.

Apesar do crescimento da indústria ante o trimestre anterior, a CNI destaca que a produção industrial continua estagnada em relação aos três primeiros meses de 2011. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, a indústria cresceu apenas 0,1%, e a indústria de transformação caiu 2,6%.

Na avaliação da CNI, a expansão de 0,2% da economia brasileira de janeiro a março foi menor que o esperado. A entidade acredita que as perspectivas de crescimento não são favoráveis, mesmo com a aceleração da produção e do consumo prevista para o segundo semestre. “Embora o ritmo deva se intensificar nos próximos trimestres, é improvável que a previsão [oficial] de crescimento de 3% em 2012 seja alcançada”, informou o comunicado.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 01/06/2012 ás 17h

Compartilhe

Expansão da indústria no primeiro trimestre surpreende, diz CNI