Exército de Kiev cerca cidade de Lugansk

Fonte ANSA 14/08/2014 às 21h

Município é uma das principais fortalezas dos separatistas

14 Agosto, 15:58•MOSCOU•ZLR

(ANSA) - Segundo o porta-voz do Conselho de Segurança da Ucrânia, Andrii Lisenko, o Exército de Kiev cercou completamente a fortaleza separatista de Lugansk, no leste do país, e retomou o controle da estrada que liga a cidade à fronteira com a Rússia.

Nos últimos dias, os combates entre forças do governo e grupos rebeldes se acirraram, fazendo com que o número de mortos nos conflitos chegasse a quase 2,1 mil entre a metade de abril e o dia de 10 de agosto.

Apenas entre ontem (13) e hoje (14), mais nove soldados ucranianos morreram e outros 18 ficaram feridos por conta dos confrontos. Além disso, novos bombardeios foram registrados em Lugansk e Donetsk, sendo que a primeira está há 12 dias sem eletricidade e água corrente, de acordo com a Prefeitura local.

Em meio a tudo isso, o comandante militar dos separatistas da autoproclamada República Popular de Donetsk, Igor Strelkov, renunciou ao seu posto. O rebelde é considerado por alguns analistas como o elo entre os insurgentes e Moscou, já Kiev diz que ele é um coronel dos serviços secretos da Rússia.



Ajuda humanitária



Nesta quinta-feira (14), o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, conversou com o chanceler ucraniano, Pavlo Klimkin, sobre "aspectos práticos" para a distribuição das ajudas humanitárias transportadas por um comboio enviado por Moscou na última terça (12).

De acordo com a agência Itar-Tass, Lavrov ressaltou a necessidade de garantir a segurança da missão - que está estacionada perto da fronteira entre os países -, tanto da parte das tropas oficiais como dos milicianos. "A situação está ficando dramática, a catástrofe humanitária é enorme. A Ucrânia está afundada em um caos de sangue e de assassinatos", declarou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante visita à ex-península ucraniana da Crimeia. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 14/08/2014 ás 21h

Compartilhe

Exército de Kiev cerca cidade de Lugansk