Exército de Bangladesh encerrará buscas na terça-feira

Fonte Ansa flash 13/05/2013 às 20h

Desastre de 24 de abril matou pelo menos 1.127 trabalhadores em Daca

DACA, 13 MAI (ANSA) -O Exército de Bangladesh informou nesta segunda-feira que amanhã encerrará as buscas por sobreviventes nas ruínas do prédio de nove andares que desabou em 24 de abril, matando pelo menos 1.127 pessoas.

"As operações de socorro estão quase finalizadas. Vamos acabar amanhã às 14h, achamos que não tem mais ninguém vivo sob os escombros", disse Siddiqul Alam, chefe das operações de resgate. Várias fábricas têxteis funcionavam no prédio Rana Plaza.

Em um editorial publicado ontem no jornal britânico The Guardian, o chamado "banqueiro dos pobres", Mohammed Yunus, propôs aumentar os salários dos operários da indústria têxtil de Bangladesh e fez um apelo às marcas estrangeiras, muitas das quais norte-americanas e europeias, a melhorarem as condições de trabalho no país.

Yunnus, prêmio Nobel da Paz e fundador do banco Grameen, sugeriu às multinacionais da moda que fixem um salário mínimo de 50 centavos de dólar por hora, o dobro do que a indústria têxtil de Bangladesh paga atualmente. Segundo ele, dobrar o salário é "a única maneira de libertar os operários da condição de escravidão citada pelo Papa".

Ansa flash
Fonte Ansa flash 13/05/2013 ás 20h

Compartilhe

Exército de Bangladesh encerrará buscas na terça-feira