Estrutura ampliará a capacidade de geração e transferência de tecnologias da UFMG, diz reitor

Fonte Agência Getão CT&I de Notícias 21/04/2013 às 19h

 

De Belo Horizonte (MG) - Na quinta-feira (18), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) lançou a pedra fundamental do Centro de Transferência e Inovação. A obra, orçada em cerca de R$ 10 milhões, abrigará a estrutura de gestão da inovação da universidade. O prédio terá quatro andares e será alocado em um terreno com mais de 3 mil metros quadrados.

Os recursos são provenientes do orçamento da UFMG. De acordo com o reitor da intituição de ensino superior, Clélio Campolina, a iniciativa permitirá a expansão das atividades da Inova UFMG. Atualmente, a incubadora de empresas da universidade tem oito empresas incubadas e poderá abrigar 25 instituições com a nova estrutura.

O espaço ainda contará com requisitos que possibilitam a chegada de empreendedores de outros setores. “O local foi planejado para incluir normas construtivas e de biossegurança, com isso a Inova-Incubadora poderá abrigar empresas de biotecnologia”, detalhou o reitor da UFMG durante a abertura do 7° Encontro Nacional do Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec), realizada na segunda-feira (15), em Belo Horizonte (MG).

O novo Centro de Tecnologia e Inovação contará também com uma aceleradora de empresas para interagir com o ecossistema de empreendedorismo da universidade. “Ela terá o papel de fomentar as novas ideias de novos negócios. A gente acredita que será uma medida que estimulará a criação de novas empresas originadas no ambiente acadêmico para posteriormente compor parte dos parques tecnológicos e o mercado”, disse o diretor da Coordenadoria de Transferência Tecnológica da UFMG, professor Pedro Vidigal,

A expectativa é a de que a nova estrutura amplie o número de depósito de patentes feitos pela UFMG e aumente capacidade de transferência de tecnologia. Dados da universidade mostram que, de 1992 a 2012, foram acumuladas 529 patentes industriais e, de 2002 a 2012, assinados 39 contratos de transferência de tecnologia.

Agência Getão CT&I de Notícias
Fonte Agência Getão CT&I de Notícias 21/04/2013 ás 19h

Compartilhe

Estrutura ampliará a capacidade de geração e transferência de tecnologias da UFMG, diz reitor