Esquete carioca "Ricardo" sai vencedor do 3° Festival de Teatro Universitário

Fonte Agência Febre 29/04/2013 às 20h

EVENTO ACONTECEU NO RIO DE 23 A 28 DE ABRIL E PREMIOU MELHOR ESQUETE NACIONAL E INFANTIL COM 15 MIL REAIS, ALÉM DE LEVAR OS NOVE FINALISTAS PARA UMA TURNÊ PELO ESTADO DO RIO


Esquete "Ricardo" vencedor do 3° FESTU

No último domingo, 28, o FESTU – Festival de Teatro Universitário – encerrou a sua 3ª edição em um dia e noite repletos de premiações na Mostra Nacional Competitiva e na Mostra Infantil. O grande prêmio do evento, a quantia de R$ 15 mil para a montagem de um novo espetáculo, foi para o esquete “Ricardo”, do Rio de Janeiro, criado pela Companhia de Quatro, composta pelas atrizes Andrezza Abreu, Karina Ramil, Anita Chaves e Lorena Comparato. No palco Andrezza, Karina, Anita e o ator Raphael Janeiro, que fez uma participação especial, apresentaram em meio a gargalhadas e muitos aplausos do público a história das irmãs Clara e Vitória. A cena começa com Vitória muito feliz ligando para Clara e convidando-a para jantar. Clara acha aquilo tudo muito estranho, levando-se em conta que as irmãs não se falavam por um bom tempo, mas Vitória revela que está apaixonada e gostaria de apresentar o amado para a irmã. Ao chegar para jantar, Vitória apresenta Ricardo para Clara: um boneco. A partir daí a cena se desenrola com muito ritmo e humor com as irmãs interagindo com o “homem-boneco”, o que agradou o júri composto pelo ator Otávio Augusto; pelo cenógrafo Gringo Cardia; pelas atrizes Fabíola Nascimento, Daniela Ocampo e Carolina Pismel; pelo diretor e ator Pedro Kosovsky; pela cenógrafa e figurinista Teca Fichinski; pelo ator e diretor Bruce Gomlevsky; e pela gerente de cultura e arte da FIRJAN Fabiana Scherer. “Ricardo” também agradou o público e venceu no voto do júri popular.

A grande final da Mostra Nacional Competitiva premiou, ainda, com bolsas de estudos, categorias como “Melhor Iluminação”, que ficou com o esquete “Isto não é uma guerra”; “Melhor Figurino”, entregue para a cena “Milho aos Pombos”; “Melhor Direção” para o esquete “Purple Drive”; “Melhor ator” para Eduardo Speroni em “Purple Drive”; Melhor atriz para Júlia Stockler em “Histórias de Borboletas”; e “Melhor Cenário” entregue para “Isto não é uma guerra”. Os nove esquetes finalistas do festival: “Eu sei que vou te amar” (RJ), “Ricardo” (RJ), “O Coma” (RJ), “Pequena Flor” (RJ), “Milho aos Pombos” (RJ), “Isto não é uma guerra” (RJ), “História de Borboletas” (RJ), “Sessão Matinê” (RJ) e “Purple Drive” (RJ) viajam em turnê por três cidades do Rio: Campos, Itaperuna e Macaé.

Durante a tarde de domingo, antes da grande final do evento, oFESTU premiou o melhor esquete voltado para as crianças na Mostra Infantil, novidade este ano. Das 16h às 19h, o público infantil e adulto lotou o foyer do Espaço Tom Jobim para ver a apresentação de seis esquetes que concorriam também a um prêmio de R$ 15 mil. O grande vencedor escolhido pelo júri composto pela atriz Debora Lamm, pela diretora e professora Sura Berditchevsky, pela crítica de teatro infantil Lucia Cerrone e pela autora Renata Mizrahi foi “A Jornada”, do Rio de Janeiro. O grupo formado por Christian Manos, Israel Araújo, Vinicius Bolinho, Kel Cogliatti, Claudia Navarrete e Cristiana Carvalho apresentou uma viagem ao mar desbravada por uma família de palhaços. Na Mostra Infantil também foram distribuídos prêmios em bolsas de estudos para a melhor atriz entregue para Karina Ramil no esquete “Patrícia Piolho”; melhor ator para Christian Manos em “A Jornada”; melhor direção para Leonardo Torres em “O menino que tinha asas”; e melhor texto, prêmio criado na hora pelos jurados para premiar Luiza Yabrudi, pela história de “Patrícia Piolho”.

Em seis dias de evento, o FESTU, além de trazer o melhor da produção teatral universitária para o público, promoveu a troca de experiências e conhecimentos entre grandes nomes do meio e os universitários. Passaram pelos workshops e encontros do festival o ator e diretor Bruce Gomlevsky, os diretores Ernesto Piccolo e Ulysses Cruz, os figurinistas Daniele Cardoso Joia e Ney Madeira, os atores Dani Barros e Gregório Duvivier, a coreógrafa Esther Weitzman, e a autora Maria Carmem Barbosa.

Para quem não pôde acompanhar o evento e, principalmente a final, a página do blog “Eu Teatro” no facebook (facebook.com/euteatro) traz uma série de entrevistas com os finalistas e os vencedores do FESTU, além de bate-papos com os jurados. O blog “Eu Teatro” (www.euteatro.com.br) é escrito por jovens estudantes de teatro de diversas cidades brasileiras, sendo dois deles moradores do Rio, e tem o objetivo de mostrar o olhar do universitário sobre o teatro nacional.

Sobre o FESTU

O Festival de Teatro Universitário é uma experiência teatral criada de jovens para jovens que ‘curtem, gostam, amam, experimentam, exploram, vivem, lutam e estudam’ as Artes Cênicas.

A missão do FESTU é manter-se como um espaço exclusivo para estudantes e universitários. Um espaço de quem está começando, de quem está experimentando, se conhecendo, mas que já tem sede e sonho pelo palco.

Para esta edição 2013, o FESTU ampliou sua atuação ao receber inscrições de grupos de teatro de universidades, escolas e cursos profissionalizantes de teatro de todo o Brasil. Com a edição sendo nacional (umas das novidades deste ano), o festival quadriplicou o número das inscrições com relação ao ano passado. Atores universitários do Rio de Janeiro, Paraná, Bahia, Distrito Federal, Ceará, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Goiás e Pernambuco candidataram seus esquetes para participarem do evento.

EPA!

A EPA! Youth Marketing é uma empresa que tem por objetivo manter-se jovem e buscar sempre o que é novo. A EPA! promove experiências destinadas ao público jovem em áreas como esportes, moda, web e cultura.

PARCEIROS DO FESTIVAL

Patrocínio

FIRJAN/SESI Cultural

Promoção

Globo Universidade

Eu Teatro

Apoio Cultural

Centro Musical Antonio Adolfo

Teatro Maria Clara Machado

Funarte

Casa de Cultura Laura Alvim

Kalimo

O Tablado

CAL

Centro de Movimento Deborah Colker

Makará Educativa

Senai/Senai Cetiqt

IATEC

Novalite

Festival de Teatro de Curitiba

WM Manequins

BananaZ

Realização

EPA!

Agência Febre
Fonte Agência Febre 29/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Esquete carioca "Ricardo" sai vencedor do 3° Festival de Teatro Universitário