Esquadrilha da Fumaça substitui os aviões Tucano por aeronaves A-29

Fonte Ascom - MD 28/03/2013 às 17h

Esquadrilha da Fumaça substitui os aviões Tucano por aeronaves A-29

Brasília, 28/03/2013 – A capital federal será o cenário da despedida oficial das aeronaves T-27 Tucano, modelo dos aviões que integram atualmente o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), a famosa Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira (FAB). As aeronaves serão substituídas pela A-29 Super Tucano, aviões mais potentes, mais modernos, e que oferecem mais recurso e mais agilidade para os pilotos executarem as suas acrobacias. O show está marcado para domingo (31/03), às 16 h, no Lago Paranoá (entre o Pontão e o Pier 21), em Brasília (DF).



De acordo com o comandante da Fumaça, o tenente-coronel aviador Marcelo Gobett Cardoso, esse “é um momento histórico para a Esquadrilha da Fumaça e para a [FAB]”. “Esperamos que bastante gente prestigie essa demonstração e estamos contentes que essa apresentação ocorra em Brasília, que para nós é motivo de orgulho”, completa.

Após 30 anos, e com mais de 85 mil horas de voo, o T-27 já realizou mais de duas mil apresentações em todo o Brasil e no exterior. Com sua aposentadoria, os modelos Tucano serão utilizados para o treinamento dos pilotos da própria Esquadrilha, já empregados na instrução dos pilotos na Academia da Força Aérea (AFA), escola situada em Pirassununga (SP).

Tucano

O Tucano T-27 veio para substituir os jatos Cessna T-37. Seu protótipo voou pela primeira vez em 1980. Três anos mais tarde, as primeiras unidades já eram entregues à FAB – com a designação T-27 para treinamento. O equipamento inovou o mercado de aviação ao introduzir assentos ejetáveis, com cabines similares às de um caça, com o objetivo de familiarizar o cadete com a aeronave. Tanto o T-27 quanto o A-29 são aviões genuinamente brasileiros, fabricados pela Embraer, localizada em São José dos Campos (SP).

Super Tucano

Ao todo, 12 aeronaves A-29 Super Tucano substituirão os T-27 até o final do ano. A nova aeronave já é utilizada pela FAB como avião de caça em esquadrões operacionais em Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e em Campo Grande (MS); e ainda para instrução de caça, na Base Aérea de Natal (RN).

A apresentação da Esquadrilha no domingo será a última dos pilotos com os T-27. A partir de segunda-feira (1º), as apresentações serão suspensas para que a equipe da Fumaça passe por um treinamento intensivo nas novas aeronaves A-29. Por questão de segurança, a assessoria de imprensa do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (Cecomsaer) previu que até o final do ano toda a equipe da Esquadrilha já esteja voando com o Super Tucano.

A nova aeronave foi apresentada no final de 2012, na AFA, já com a nova pintura baseada nas cores da Bandeira Nacional.

Serviço



As exibições da Esquadrilha da Fumaça são apresentações inteiramente gratuitas e de caráter institucional. Para solicitar uma demonstração, é necessário enviar um pedido para o Cecomsaer com todas as informações do solicitante, como nome, endereço, data do evento, telefone para contato e público estimado.

Após a deliberação de previsão da agenda de apresentações, realizada pela própria assessoria de imprensa da Aeronáutica, o Cecomsaer confirma junto ao solicitante, com antecedência de 30 dias do evento solicitado, aprovando ou não o pedido. Mais informações no site da Esquadrilha da Fumaça.

Ascom - MD
Fonte Ascom - MD 28/03/2013 ás 17h

Compartilhe

Esquadrilha da Fumaça substitui os aviões Tucano por aeronaves A-29