Equipe capacita professores para utilizar aparelho que analisa movimentos

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 16/04/2013 às 8h

Equipe capacita professores para utilizar aparelho que analisa movimentos

Equipamento detecta problemas de locomoção em pacientes. Capacitação ocorreu no último final de semana, na Faculdade UnB Ceilândia, com presença de equipe treinada na Suécia. 

Professores da Faculdade UnB Ceilândia (FCE) participaram de treinamento para aprofundar os conhecimentos no manuseio de um equipamento denominado KTM, utilizado para captar imagens dos pacientes por meio da análise de movimentos e, a partir daí, detectar problemas de locomoção. Em Brasília, somente a UnB e o Hospital Sarah Kubitschek possuem o aparelho. A capacitação foi conduzida por um engenheiro da Suécia e dois brasileiros treinados no país nórdico. O treinamento começou na última sexta-feira (12) e seguiu até domingo (14), com participação de oito professores da FCE.

Mariana Costa/UnB Agência
 

O equipamento KTM funciona em uma sala com várias câmeras espalhadas que estudam o movimento humano através de marcadores colocados nas articulações. Os marcadores convertem em imagens as informações analisadas, que auxiliam na percepção de disfunções e indicam um tratamento específico para cada paciente.

Clarissa Cardoso, professora de Fisioterapia da FCE e coordenadora da Comissão de Capacitação, considera o treinamento essencial para o desenvolvimento de pesquisas nas áreas de controles motores e reabilitação. “A qualificação dos nossos professores permite uma melhor análise em relação a reabilitação dos nossos pacientes”, disse.

Mariana Costa/UnB Agência
 

O aparelho já é utilizado há cerca de quatro anos na FCE por alunos de graduação e de pós-graduação, sempre com orientação dos professores habilitados. Os pacientes que procuram a faculdade são selecionados por meio de projetos de pesquisa, diagnosticados por meio do equipamento e orientados para tratamento. A FCE tem projetos abertos para pacientes com acidentes vasculares encefálicos, amputações de membros inferiores, crianças com atraso de desenvolvimento, dentre outros. Mais de 60 pessoas já foram avaliadas.

Para mais informações sobre os projetos, envie um e-mail para fisioterapiafce@unb.br 
 

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 16/04/2013 ás 8h

Compartilhe

Equipe capacita professores para utilizar aparelho que analisa movimentos