Encontro debate políticas de combate à seca

Fonte Ascom do FMC 2013 16/04/2013 às 9h
O presidente do Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTI), Ignácio Hernán Salcedo, afirmou que a estratégia do instituto é adaptar soluções para as condições locais.

 

Salcedo participou nesta segunda-feira (15), em Recife, do 5º Encontro Preparatório do Fórum Mundial de Ciência. E destacou os investimentos em ciência, tecnologia e inovação para o semiárido brasileiro.

Segundo ele, o programa de pesquisa do Insa está estruturado em três eixos de: Promoção da inovação; Fortalecimento da pesquisa e da infraestrutura científica e tecnológica; e Formação e capacitação de recursos humanos.

“O programa é resultado do esforço coletivo de pesquisadores, analistas, funcionários e bolsistas do Insa, visando à execução de ações em ciência, tecnologia e inovação que tragam resultados concretos para o desenvolvimento regional”, disse Salcedo.

Ele apresentou projetos em andamento nas áreas de combate à desertificação e mitigação de seus efeitos; gestão de recursos hídricos do semiárido; e conservação e uso sustentável do semiárido.

Política nacional

O pesquisador Antônio Divino Moura fez palestra sobre o tema Meteorologia e Desenvolvimento: Uma política nacional sobre as secas. Segundo ele, a seca no Brasil atinge inclusive a Amazônia, e o investimento constante para a estiagem é uma das maneiras de combater o problema.

Leia mais.

 

 

Ascom do FMC 2013
Fonte Ascom do FMC 2013 16/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Encontro debate políticas de combate à seca