Empresa é multada em R$ 20 milhões por desmoronamento de pier no Rio Amazonas

Fonte Agência Brasil 03/04/2013 às 20h

Brasília - O Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá (Imap) multou em R$ 20 milhões a mineradora Anglo American, operadora do terminal portuário que desmoronou na última quinta-feira (28), no Porto de Santana, no Rio Amazonas, perto de Macapá.

Três trabalhadores morreram durante o acidente e três permanecem desaparecidos. A suspeita de que um corpo encontrado boiando no último sábado (30) fosse de um dos funcionários não localizados foi descartada pelo Corpo de Bombeiros.

As causas do acidente continuam sendo investigadas, mas o próprio Imap descartou a hipótese de que uma onda gigante, ou mesmo uma elevação da maré, tenha provocado o desmoronamento do porto, conforme chegou a ser divulgado.

Segundo o Imap, o valor da multa foi estipulado de acordo com informações de parecer elaborado por técnicos, para quem o desmoronamento do píer causou alterações graves no meio ambiente.

A multa não isenta a empresa de adotar medidas necessárias para recuperar a área afetada, conforme o diretor do Imap, Maurício Souza, disse à agência de notícias do governo amapaense.

Procurada pela Agência Brasil, a assessoria da Anglo American informou que a empresa ainda não foi oficialmente notificada da sanção e, portanto, não iria se pronunciar sobre o assunto.

Em nota, o presidente da Federação Nacional dos Portuários, Eduardo Guterra, cobrou que, esclarecidas às causas do desabamento, medidas de segurança sejam tomadas para impedir novos acidentes, inclusive em outros portos.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 03/04/2013 ás 20h

Compartilhe

Empresa é multada em R$ 20 milhões por desmoronamento de pier no Rio Amazonas