Emprego na indústria cai 0,1% em junho e fecha primeiro semestre com 5,1% negativos

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
O nível de emprego na indústria caiu 0,1% em junho, na comparação com maio deste ano. Foi a nona queda consecutiva em relação ao mês imediatamente anterior, mas a menos intensa na passagem de um mês para o outro em oito meses. Em relação a junho de 2008, a queda é de 6,6%.

Com esse resultado, o emprego industrial fechou o primeiro semestre com queda de 5,1% em relação a igual período do ano anterior. Nos 12 meses fechados em junho, caiu 1,9%. Os dados, divulgados hoje (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram redução no ritmo de queda da atividade do país, segundo destacou a técnica do IBGE Denise Cordovil.


“Esses resultados indicam que, apesar das taxas permanecerem negativas, houve uma redução no ritmo de queda nas comparações entre os meses. O que está por trás disso é um maior ritmo da atividade industrial nesse início de ano. Já em relação ao mesmo período do ano passado, as quedas são verificadas porque a comparação se dá com uma base muito elevada, relativa a um período em que a atividade industrial vinha sustentando um ritmo de crescimento ascendente”, explicou ela.

De acordo com o levantamento, em junho, o contingente de trabalhadores diminuiu em 14 locais e em 16 dos 18 setores investigados. As principais regiões onde as demissões superaram as contratações foram São Paulo (-4,6%) e Minas Gerais (-11,0%), que juntas representam 47% do pessoal ocupado na indústria, além da Região Norte e Centro-Oeste (-10,6%) e Rio Grande do Sul (-8,9%).

Houve demissões principalmente nos setores de meios de transporte (-11,6%), máquinas e equipamentos (-10,6%), produtos de metal (-11,2%) e calçados e artigos de couro (-11,7%). Por outro lado, os setores que mais contrataram foram papel e gráfica (8,7%) e fumo (0,7%).

A pesquisa também mostrou que a folha de pagamento dos trabalhadores da indústria voltou a ter queda, depois de ter apresentado recuperação em maio, e fechou o mês em –1,7%. Em relação a junho do ano passado, a taxa ficou em –2,0%. O levantamento mostra também que no fechamento do primeiro semestre, a folha de pagamento caiu 1% na comparação com o mesmo período de 2008, mas teve alta de 2,3% no acumulado de 12 meses até junho (anualizado).
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Emprego na indústria cai 0,1% em junho e fecha primeiro semestre com 5,1% negativos