Embrapa Monitoramento por Satélite inaugura complexo de laboratórios

Fonte Ascom - Embrapa Monitoramento por Satélite 28/05/2012 às 20h

Embrapa Monitoramento por Satélite inaugura complexo de laboratórios

A Embrapa Monitoramento por Satélite inaugurou na sexta-feira (25) um complexo de laboratórios voltados à geração de conhecimento e inovação para o monitoramento e gestão da agricultura e do meio ambiente. A cerimônia, em Campinas (SP), contou com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e da secretária de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo, Mônika Bergamaschi, que antes participaram como membros da 14ª Reunião do Comitê Assessor Externo da Embrapa Monitoramento por Satélite.

Também estiveram presentes a diretora-executiva de Administração e Finanças da Embrapa, Vania Castiglioni, representando o diretor-presidente da Empresa, e dirigentes de instituições de pesquisa da região.

O Complexo de Laboratórios e Infraestrutura para a Pesquisa e Desenvolvimento é formado pelos laboratórios de Pesquisas e Inovações Geoespaciais e de Recepção e Processamento de Imagens. Neles, serão utilizados e desenvolvidos processos, software e produtos a partir de dados geoespaciais e também realizados estudos de diferentes sensores e de novas metodologias para tratamento de imagens de satélite. “Essa infraestrutura facilitará o processamento e a distribuição de informações geoespaciais para a sociedade, apoiando iniciativas em diferentes escalas”, ressalta o chefe-geral da Embrapa Monitoramento por Satélite, Mateus Batistella. Para o ministro Marco Antonio Raupp, as novas instalações, em Campinas, serão fundamentais para manter o Brasil como um dos principais produtores de alimentos do mundo.

Em nível nacional, os laboratórios atuarão em projetos já em curso na Embrapa Monitoramento por Satélite, como o desenvolvimento de sistemas de monitoramento da agricultura, mapeamentos de processos de degradação de pastagens por satélite e integração de dados geoespaciais para geração de indicadores de competitividade e sustentabilidade. Em escala regional e local, vão contribuir na delimitação de áreas afetadas por anomalias climáticas, no monitoramento da dinâmica de mudanças de uso e cobertura das terras e seu impacto ambiental, social e econômico, na geração de informações geoespaciais para o desenvolvimento urbano-rural e em estudos de cadeias produtivas envolvendo, por exemplo, a agricultura familiar.

Ascom -  Embrapa Monitoramento por Satélite
Fonte Ascom - Embrapa Monitoramento por Satélite 28/05/2012 ás 20h

Compartilhe

Embrapa Monitoramento por Satélite inaugura complexo de laboratórios