Embaixadores não têm motivo para deixar Coreia do Norte

Fonte Ansa flash 07/04/2013 às 11h

Após reunião, os embaixadores não encontraram motivos para deixar o país

TÓQUIO, 6 ABR (ANSA) - As embaixadas estrangeiras em Pyongyang, na Coreia do Norte, decidiram recusar o convite do governo norte-coreano para que deixem o país, pois após o dia 10 de abril não terão condições de garantir a segurança dos estrangeiros no país. "No momento não temos motivos para ir embora", afirmou uma fonte diplomática de coordenação de representantes à ANSA, após a reunião dos embaixadores com o governo norte-coreano. "A reunião aconteceu nesta tarde com o núcleo europeu", entre os quais Alemanha, Reino Unido e Suécia, que representa os Estados Unidos, devido a falta de acordos diplomáticos entre Washington e Pyongyang. "Depois tivemos uma reunião com todos, com a Rússia e China inclusive". No fim do encontro, ninguém "sentiu ou viu necessidade", em base a situação atual, de deixar a capital do país, informou a fonte. Nesta sexta-feira, a Coreia do Norte avisou os embaixadores no país que em caso de guerra não poderá garantir a segurança aconselhando-os a abandonarem as instalações diplomáticas a partir do dia 10 de abril.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 07/04/2013 ás 11h

Compartilhe

Embaixadores não têm motivo para deixar Coreia do Norte