Em sessão de homenagem à Unifor, Pimentel defende royalties do petróleo para educação

Fonte Agência Senado 20/05/2013 às 15h

 

Em sessão especial para homenagear a Universidade de Fortaleza (Unifor) pelos seus 40 anos, o senador José Pimentel (PT-CE) defendeu a destinação dos recursos dos royalties do petróleo para a educação. Pimentel, que é relator do Plano Nacional de Educação (PNE) para os próximos dez anos - PLC 103/2012 -, foi o autor do requerimento para a realização da sessão desta segunda-feira (20).

O senador disse ainda que os demais senadores cearenses, Inácio Arruda (PCdoB) e Eunício Oliveira (PMDB), também defendem a proposta. Para Pimentel, os recursos servirão para alavancar o desenvolvimento da educação desde a pré-escola à pós-graduação.

- Precisamos fortemente desses recursos para que possamos investir no mínimo 10% do Produto Interno Bruto na educação brasileira – afirmou Pimentel.

Em referência à instituição homenageada, ele disse que a Unifor é considerada a melhor universidade privada das regiões Norte e Nordeste.

Durante a homenagem, que começou com a execução das músicas Três Peças Nordestinas, de Clóvis Pereira, e Quatro Momentos, de Ernani Aguiar, pela camerata da Unifor, o senador Eunício Oliveira, ex-aluno da instituição, recordou seu momento na universidade e elogiou a instituição.

- São duas vocações que se completam: a vocação da Unifor para a excelência e a vocação cearense para o progresso, em prol do bem comum, em prol do futuro da nossa Fortaleza, do nosso Ceará, do nosso Nordeste e do nosso Brasil – disse.

O senador Inácio Arruda também manifestou seu apreço à universidade, afirmando que ela contribui para a formação da inteligência nacional e para o desenvolvimento do Ceará e do Brasil.

- Passados agora 40 anos, muito pode ser dito sobre a instituição. No entanto, o que mais concretamente deve ser considerado é o incontestável valor que hoje representa a Universidade de Fortaleza no cenário da educação brasileira – afirmou Arruda.

Também estiveram presentes na sessão o deputado federal Mauro Benevides (PMDB-CE); o ministro do Tribunal de Contas da União, Valmir Campelo; a reitora da Unifor, Fátima Veras; o chanceler da Unifor e filho de Edson Queiroz, fundador da universidade, Airton Queiroz; e sua mãe, Yolanda Queiroz.

A Unifor

Fundada em 1973, por Edson Queiroz, a Universidade de Fortaleza possui 720 mil metros quadrados, cerca de 300 salas de aula e 230 laboratórios especializados. São 37 cursos de graduação, 12 de graduação executiva, cinco de mestrados e seis de doutorados. A instituição já graduou 70 mil alunos e possui mais de sete mil pós-graduados.

Durante a homenagem, os senadores destacaram projetos de desenvolvimento social realizados pela universidade, como o Núcleo de Atenção Médica Integrada (Nami). O núcleo, que é referência na rede pública de saúde pelos vários serviços oferecidos à comunidade, efetua 300 mil atendimentos por ano e beneficia atualmente 25 mil pacientes.

chanceler da Unifor, Airton Queiroz, citou ainda projetos relevantes na área da pesquisa, como o realizado com as cabras transgênicas, que produzem leite com proteínas semelhantes ao leite materno.

- [A pesquisa] ajuda a combater a alta taxa de mortalidade infantil no Nordeste e no mundo – afirmou Queiroz.

A Unifor mantém convênio de intercâmbio com 170 universidades em 30 países. Em cursos de pós-graduação, a universidade mantém parceria com instituições norte-americanas, como a Universidade de Columbia, em Nova Iorque, e a Universidade da Pensilvânia.

 

Agência Senado
Fonte Agência Senado 20/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Em sessão de homenagem à Unifor, Pimentel defende royalties do petróleo para educação