Em resposta à Telefónica, Telecom fará oferta por GVT

Fonte ANSA 08/08/2014 às 20h
Grupo italiano está preparando proposta com ajuda de bancos.

08 Agosto, 19:16•MILÃO•ZLR

(ANSA) - As instituições financeiras Mediobanca e Citibank estão trabalhando com a Telecom Italia, dona da TIM Brasil, para preparar uma oferta pela operadora brasileira GVT, pertencente ao grupo francês Vivendi, que seja melhor do que a apresentada pela Telefónica no início desta semana.

A proposta deverá ser discutida pelo conselho de administração da empresa italiana na segunda metade de agosto. A oferta ainda não tem uma estrutura definida, mas o CEO da Telecom, Marco Patuano, estuda uma possível união entre TIM e GVT desde fevereiro. A proposta da Telefónica é de 6,7 bilhões de euros (R$ 20,1 bilhões), dos quais R$ 11,962 seriam pagos em dinheiro.

Para completar o valor, a companhia espanhola daria para a Vivendi uma participação de 12% na sociedade criada a partir da incorporação da GVT pela Telefônica Brasil. Além disso, os espanhóis ofereceram para os franceses a oportunidade de comprar uma fatia de 8,3% na Telecom, da qual a Telefónica é a principal acionista atualmente. Com isso, a empresa cumpriria uma determinação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) de reduzir o seu controle sobre o mercado de telefonia móvel brasileiro.

Para isso, a companhia teria de se desfazer da Vivo ou diminuir sua influência sobre a TIM. No entanto, como a Telecom já estuda a aquisição da GVT há tempos, a proposta incomodou sua direção. Se a oferta for aceita pela Vivendi, a Telefónica passaria a ter uma participação menor na sociedade italiana e ainda ganharia um ativo desejado por eles. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 08/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Em resposta à Telefónica, Telecom fará oferta por GVT