Em breve audiência com imprensa, papa demonstra humor e leveza

Fonte Agência Brasil/EBC 16/03/2013 às 9h

Vaticano – Em rápido encontro hoje (16) com jornalistas, o papa Francisco demonstrou humor e o tom de leveza que deverá conduzir suas audiências. Ao se reunir com os jornalistas, pela primeira vez, provocou gargalhadas ao brincar com o ritmo excessivo de trabalho nos últimos dias. “Obrigado pelo trabalho de vocês. Como vocês trabalharam nos últimos dias”, disse em italiano, dando um sorriso em seguida.

O papa Francisco foi presenteado com uma cuia de chimarrão – que na Argentina é chamada de mate – pela jornalista argentina Virginia Bonard, que é especialista em temas religiosos. Ele sorriu, brincou e agradeceu.

O papa também surpreendeu ao cumprimentar uma pessoa com deficiência visual que estava com um cão-guia. Após cumprimentá-la, Francisco fez um carinho no cachorro – um labrador, que se comportou tranquilamente na frente do papa.

A audiência do papa com a imprensa durou menos de meia hora. O local escolhido foi a Sala Paulo VI, no interior do Vaticano, com capacidade para 8 mil pessoas. A sala lotou, pois muitos jornalistas e funcionários do Vaticano levaram as famílias para a audiência.

A dona de casa argentina Maria Laura Di Bella, casada com um jornalista argentino, estava com as duas filhas – Maria Teresa, de 2 anos, e Caterine, de 1 ano – para receber a bênção papal. “Viemos para cá, porque meu marido é correspondente aqui no Vaticano, e nós somos muito católicos. Estou muito feliz, pois o papa Francisco é um homem boníssimo”, disse.

Durante a audiência com o papa, Maria Laura incentivou as filhas a chamarem por “Francisco”. Em seguida, ela explicou. “Tenho certeza que o conclave foi guiado pelo Espírito Santo. Conhecemos [ela e o marido] o papa desde que era arcebispo de Buenos Aires [capital argentina]. É um ótimo sacerdote que pensa nos mais necessitados. É desprendido e realmente bom”.

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 16/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Em breve audiência com imprensa, papa demonstra humor e leveza