Em audiência na Câmara, Paulo Bernardo diz que telefonia é prioridade do governo

Fonte Agência Câmara de Notícias 30/05/2012 às 13h

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse há pouco que a telefonia é uma das prioridades do governo da presidente Dilma Rousseff. O ministro participa de audiência promovida pelas comissões da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional; e de Defesa do Consumidor sobre as queixas dos consumidores em relação à telefonia celular.

Paulo Bernardo informou que houve queda na telefonia fixa: existiam 32 milhões de telefones fixos em 2010 e, em 2011, este número caiu para 30 milhões. Já com relação à internet móvel, ele disse que a previsão é que esse serviço cresça exponencialmente comparada à internet fixa. "Esse setor precisa de mais atenção. Adotamos medidas que aumentam a demanda por investimentos”, declarou.

Segundo o ministério, já foi feito uma negociação para implementar a internet popular, que teria preços mais acessíveis. Questionado sobre a qualidade do sinal da internet, Paulo Bernardo afirmou que estão sendo adotadas medidas para garantir mais eficiência. “Votamos na Anatel um regulamento de qualidade mínima que vai vigorar neste ano, acabando com essa questão de a operadora estabelecer em contrato uma capacidade e não cumprir”, informou. “Estamos preparando um decreto para viabilizar o compartilhamento de infraestrutura e o governo enviou uma medida provisória desonerando a construção de redes” completou.

Agência Câmara de Notícias
Fonte Agência Câmara de Notícias 30/05/2012 ás 13h

Compartilhe

Em audiência na Câmara, Paulo Bernardo diz que telefonia é prioridade do governo