Eleições no Uruguai não mudarão relações com os EUA, diz subsecretário

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O subsecretário-adjunto do Comércio para o hemisfério ocidental dos Estados Unidos, Walter Bastian, que viajará ao Uruguai em outubro, afirmou que seu governo trabalhará com "qualquer um" que saia vitorioso nas votações do dia 25 desse mesmo mês.

No próximo dia 25 de outubro, os uruguaios elegerão o sucessor do presidente Tabaré Vázquez. Segundo pesquisas de opinião, o candidato da coalizão governista Frente Ampla, José Mujica, está à frente de seus adversários, mas deve enfrentar um segundo turno.

Os outros dois principais candidatos são ex-presidente Luis Lacalle, que governou o país de 1990 a 1995, pelo Partido Nacional, e Pedro Bordaberry, filho do ex-ditador Juan María Bordaberry, do Partido Colorado.

Bastian irá a Montevidéu no próximo dia 1º e disse que levará dos Estados Unidos a mensagem de que o governo norte-americano trabalhará "com qualquer um. Demonstramos que podemos trabalhar com governos centristas, de esquerda e de direita. Neste hemisfério temos de tudo e continuamos trabalhando com esses governos", afirmou, segundo publicou o jornal El País.

"A direção em que o Uruguai segue é a que iremos seguir, com os mesmos interesses. Queremos continuar trabalhando não apenas em assuntos bilaterais, mas também regionais e multilaterais. Não é uma mensagem difícil: caminhamos bem, queremos continuar indo bem ou melhor", enfatizou.

Antes de ir ao Uruguai, Bastian participará do Terceiro Fórum de Competitividade das Américas, que será realizado no Chile nos dias 28 e 29 deste mês. Ele também visitará a capital argentina Buenos Aires.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Eleições no Uruguai não mudarão relações com os EUA, diz subsecretário