Edital seleciona mais de 300 alfabetizadores para comunidades no Ceará

Fonte MPA 23/08/2014 às 20h
A Secretaria Estadual de Educação do Estado do Ceará (SEDUC-CE) lançou chamada pública para a seleção de 330 alfabetizadores e 53 coordenadores. Objetivo é alfabetizar pescadores artesanais e aquicultores familiares, bem como comunidades pesqueiras em 78 municípios do estado. Confira o edital neste link.

Para participar, candidatos devem ter ensino médio completo e experiência anterior em educação, preferencialmente com jovens e adultos. A carga horária de trabalho será de 10 horas semanais, nos turnos da manhã, tarde ou noite, de acordo com o horário de trabalho do pescador. A carga horária total será de 320 horas/aula, a serem completadas em oito meses.

Já os coordenadores de turma deverão ter curso superior, já concluído ou em andamento, e experiência anterior em educação, preferencialmente também em jovens e adultos. A carga de trabalho será de 22 horas mensais, de manhã, tarde ou à noite, com atendimento aos alfabetizadores e alfabetizados.

Vale lembrar que após a inscrição pela internet, os interessados deverão encaminhar documentação à Secretaria de Educação do Ceará, entre os dias 28 de agosto e 3 de setembro deste ano. Os documentos que deverão ser enviados em envelope lacrado são: foto 3X4, currículo, comprovante de escolaridade, identidade, CPF e comprovante de residência.

Diretrizes

Antes de iniciarem o atendimento às turmas, os candidatos classificados participarão de um curso de Formação Inicial e posteriormente de Formações Continuadas, respectivamente com carga horária de 40 horas e 64 horas presenciais. A frequência mínima para cada uma delas será de 75%.

A proposta de trabalho dos educadores selecionados seguirá as diretrizes metodológicas e pedagógicas pertencentes à “Rede de Saberes”,do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), voltada para a realidade de jovens, adultos e idosos das comunidades pesqueiras.

“O ministério, nesse trabalho, é responsável ainda pela articulação com colônias, sindicatos e associações de pescadores e aquicultores familiares, para que o maior número possível de profissionais seja beneficiado em sua própria comunidade”, afirma o secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca do MPA, Flávio Bezerra.
MPA
Fonte MPA 23/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Edital seleciona mais de 300 alfabetizadores para comunidades no Ceará