Edital de Coprodução Brasil-Portugal anuncia vencedores

Fonte Ancine 06/08/2014 às 6h


Foram anunciados, nesta terça-feira (5), os projetos vencedores do Edital de Coprodução Brasil-Portugal 2014, promovido pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) em parceria com o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), de Portugal. Os vencedores farão jus a um total equivalente a 600 mil dólares em apoio à produção.

A comissão de seleção formada pelo assessor internacional da Ancine Eduardo Valente, pela cineasta brasileira Tata Amaral, pela presidente do conselho diretivo do ICA Filomena Serras Pereira, e pelo diretor de departamento do cinema e do audiovisual do ICA Paulo Gonçalves, selecionou quatro projetos de longas-metragens entre os nove habilitados, dois com produção majoritária de cada um dos países parceiros. A comissão se reuniu por meio de videoconferência no último dia 28 de julho.

Projetos de Marcelo Gomes e Sérgio Tréfaut estão entre os premiados

Entre os projetos de coprodução majoritariamente portugueses, foram selecionados "Cinzento e Negro", de Luís Filipe Rocha, apresentado pela coprodutora minoritária brasileira Luz Mágica Produções Audiovisuais, e "Seara de Vento", de Sérgio Tréfaut, apresentado pela Refinaria Produções, coprodutora brasileira em condição minoritária. Cada um deles receberá apoio financeiro no valor equivalente a 150 mil dólares, oferecido pela Ancine às empresas brasileiras.

Já os projetos "Um Animal Amarelo", de Felipe Bragança, apresentado pela coprodutora portuguesa minoritária O Som e a Fúria Produção Audiovisual, e "Um Certo Joaquim", de Marcelo Gomes, apresentado pela portuguesa Ukbar Filmes - Produção de Longas e Curtas-Metragens na condição de coprodutora minoritária receberão aportes equivalentes a 150 mil dólares a serem disponibilizados pelo ICA às empresas portuguesas.

Os editais com Portugal são a ação bilateral mais antiga da Ancine, realizada desde 2005. Entre os filmes de destaque lançados recentemente com apoio da parceria estão “Tabu”, de Miguel Gomes, vencedor do Prêmio FIPRESCI no Festival de Berlim em 2012; “Estrada 47”, de Vicente Ferraz, consagrado como melhor montagem no Festival do Rio 2013; e “Getúlio”, de João Jardim, coprodução da brasileira Copacabana Filmes em parceria com a portuguesa Midas Filmes, premiado no edital em 2011, que teve público de mais de 500 mil espectadores no Brasil.
Ancine
Fonte Ancine 06/08/2014 ás 6h

Compartilhe

Edital de Coprodução Brasil-Portugal anuncia vencedores