Ebola foi 'significativamente subestimado', diz OMS

Fonte ANSA 15/08/2014 às 13h

Há evidências de que número de infectados é muito maior

15 Agosto, 10:33•GENEBRA•ZGT

(ANSA) - A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou hoje (15) uma nota em que afirma que a amplitude de difusão do vírus ebola foi "subestimada". Segundo a entidade, "as equipes presentes nas áreas de contaminação viram evidências de que os números de casos como o de mortes foram significativamente subestimados".

"Nós entendemos que a epidemia durará e o plano de emergência da OMS seguirá nos próximos meses", escreveu em comunicado. Ainda de acordo com o órgão, o vírus "continua a se propagar na África Ocidental".

Oficialmente, a OMS havia divulgado que 1975 pessoas foram infectadas pelo ebola e 1069 morreram da doença em quatro países: Guiné, Libéria, Nigéria e Serra Leoa.

A diretora da organização Médico Sem Fronteiras (MSF), Joanne Liu, visitou os países afetados pela doença e afirmou que o vírus "se expande" e "a situação se deteriora mais rapidamente que a nossa capacidade de enfrentá-la".

Jogos Olímpicos da Juventude

O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu hoje que as nações que têm casos de ebola registrados em seu território devem renunciar aos Jogos Olímpicos da Juventude. A competição inicia em Nanquim, na China, entre os dias 16 e 28 de agosto com jovens entre 15 e 18 anos.

Ontem (14), os comitês da Nigéria e de Serra Leoa já tinham renunciado ao evento. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 15/08/2014 ás 13h

Compartilhe

Ebola foi 'significativamente subestimado', diz OMS