É difícil a vida no planeta Terra, diz Fidel a estudantes e professores

Fonte Agência Brasil* 11/04/2013 às 16h

Brasília – O ex-presidente de Cuba Fidel Castro, de 86 anos, apareceu hoje (11) em público, em Havana. Ele inaugurou um complexo escolar chamado Vilma Espín Guillois (morta em 2007), que era a mulher do atual presidente Raúl Castro e que lutou na Revolução Cubana (1959). Fidel conversou com estudantes e professores e manifestou preocupação com a situação internacional.

O ex-presidente lembrou que o mundo é atingido por mudanças climáticas, armas de destruição em massa, assim como pelos efeitos da crise econômica internacional e os elevados preços dos combustíveis. “Nessas circunstâncias, a vida é difícil a vida no planeta Terra”, ressaltou, acrescentando que é preciso “diversificar” a produção de alimentos.

O complexo escolar inaugurado por Fidel tem dois blocos que se destinam a aulas desde o Jardim de Infância até a sexta série, uma biblioteca, um laboratório de informática, quadras esportivas e um posto médico. O local tem capacidade para 140 alunos, além de uma creche para 34 crianças.

*Com informações da agência pública de notícias de Cuba, Prensa Latina.

Agência Brasil*
Fonte Agência Brasil* 11/04/2013 ás 16h

Compartilhe

É difícil a vida no planeta Terra, diz Fidel a estudantes e professores