Durante o inverno, o combate ao Aedes aegypti deve ser reforçado

Fonte Press à Porter Gestão de Imagem 12/08/2016 às h

temperaturas mais baixas do inverno, a proliferação do mosquito Aedes aegypti continua e, com os casos de Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, é importante manter a prevenção.

 

Valéria Graton, coordenadora de mercado da Telhanorte destaca que, “atualmente, o mercado oferece diversas soluções que previnem e que impedem a reprodução de mosquitos”. Para auxiliar os consumidores, a especialista lista soluções simples e eficazes no combate ao vetor da Dengue.

 

Como prevenir a degue. “A melhor forma de evitar a proliferação dos mosquitos é combater os focos de acúmulo de água, locais onde os mosquitos se reproduzem. Portanto, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras,” explica Valéria.

A limpeza frequente das calhas também auxilia no combate, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água. No caso de sobrados e edifícios altos, a limpeza deve ser feita por um profissional ou por empresas especializadas, pois o serviço requer um cuidado maior, sobretudo com procedimentos de segurança, como o uso de equipamentos de proteção e içamento, por exemplo.

Em imóveis térreos, quando a calha pode ser facilmente acessada pelo lado externo da casa, a manutenção pode ser realizada pelo próprio morador, sob a condição de que seja utilizado um apoio firme, como uma escada, além do uso de luvas e sapatos com solado aderente. “Para limpar a calha, basta juntar os resíduos manualmente ou, se preferir, é possível utilizar um pincel ou uma pá. Em seguida, toda a estrutura deve ser lavada com uma mangueira com jatos d’água sob alta pressão para a remoção da sujeira fina, como pó e pequenos resquícios de folhas”, orienta a especialista.

Outra solução disponível no mercado é o inseticida biológico DengueTech. Com tecnologia inovadora, 100% nacional e desenvolvido em cooperação com a Fiocruz, DengueTech é o primeiro inseticida biológico de uso doméstico aprovado pela ANVISA, feito a partir do BTI (Bacillus thuringiensis israelenses). O BTI é um microrganismo existente na natureza, já usado com êxito em diversos países no combate à proliferação de mosquitos, que age rápido, mata as larvas jovens e impede o nascimento do mosquito. O uso do BTI é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e SUCEN (Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo).

“A aplicação do produto é muito prática. Basta lançar o mini-tablete direto na água ou em locais onde a água possa se acumular por três dias ou mais e aguardar seu efeito. Em poucas horas, já se pode observar larvas mortas. O efeito dura pelo menos 60 dias em água parada”, conta Valéria.

Além de combater os focos dentro das residências, é recomendado impedir a entrada dos mosquitos nas casas. As telas mosquiteiras são boas soluções nesse caso. A especialista firma que “é muito fácil e prático instalar as telas, sem sujeira e sem necessidade de furadeira”. As telas mosquiteiras podem ser encontradas nos seguintes tamanhos: 80cmx100cm, 105cmx125cm, 125cmx125cm, 125cmx165cm. “Por meio dessas medidas, simples e acessíveis, a batalha contra o Aedes aegypti fica mais próxima de ser vencida”, conclui Valéria.

Sobre a Telhanorte

A Telhanorte, multiespecialista em construção e reforma, é uma das maiores redes varejistas de material de construção do país e pertence ao grupo francês Saint-Gobain desde 2000. A rede é composta por 40 lojas, sendo 33 no Estado de São Paulo 4 em Minas Gerais e 3 no Paraná, além do Canal Televendas e E-Commerce. Suas lojas são voltadas para os melhores padrões de qualidade e abastecidas com 45 mil itens para fornecer a melhor solução para o consumidor.  A Telhanorte dispõe ainda de 8 Centros de Distribuição, sendo 3 de grande porte e 5 unidades de apoio e conta com cerca de 3.600 colaboradores especializados e treinados para atender o consumidor da melhor forma possível.

Press à Porter Gestão de Imagem
Fonte Press à Porter Gestão de Imagem 12/08/2016 ás h

Compartilhe

Durante o inverno, o combate ao Aedes aegypti deve ser reforçado